Image for post
Image for post
Foto por Chelsea Shapouri/Unplash

Ao longo da história, a crença das pessoas e seu apego às instituições religiosas foram transformados. Em dias onde buscamos certezas na ciência e dados para guiar nossos passos, de que forma lidamos com a fé, uma das mais presentes óticas da condição humana? O que pode vir depois?

Se a história é nosso guia, não importa o quão profundas sejam nossas crenças hoje, pois elas provavelmente serão transformadas ou transferidas antes de passarem aos nossos descendentes — ou, eventualmente, desaparecerem. Se as religiões e nossa perspectiva sobre a fé mudaram tão dramaticamente no passado, quais os desdobramentos possíveis no futuro? …


Image for post
Image for post

O que observamos sobre futuros antecipados e a necessidade de pessoas e empresas criarem sob a demanda de reinvenção durante o confinamento.

Vivemos esses dias imersos em nossas atividades, procurando nos manter em pleno ritmo e da melhor maneira que conseguimos, sobretudo lidando com os impactos imprevisíveis que o coronavírus nos trouxe. Passado (um pouco) do susto de vivermos um evento de alcance global — e com certeza afixado em meio aos maiores eventos da história humana -, passamos agora a buscar clareza sobre o que tudo isso significa.

Para entender quais fatores estão associados à nossa jornada durante a prevenção, combate e principalmente ao maior isolamento possível do coronavírus, chegamos a 3 aspectos de maior receio: nossa condição mental, afetada pela…


Image for post
Image for post

Há pouco mais de 100 dias, o mundo inteiro mudou — em alguns aspectos, de forma definitiva. Se fomos tomados pela insegurança de saber que muita coisa não será como antes, por outro lado, tendências apontam oportunidades bastante promissoras para o futuro que ainda construiremos juntos.

Considerando a intensidade e a velocidade das mudanças do cenário atual, é compreensível que boa parte do nosso tempo seja utilizado em busca de adaptações imediatas para o dia, semana ou mês seguintes. No entanto, é imprescindível que adotemos também uma visão de longo prazo sobre os impactos e projeções dessa crise. …


Image for post
Image for post

Acompanhando várias obras de ficção e (sinceramente) distante das nossas previsões, aqueles dias chegaram. Estamos todos com um único assunto, nas conversas do chat, na matéria da TV, na notícia de portal aberta no celular, na timeline de todos os nossos perfis. A pandemia da COVID-19 colocou um planeta inteiro em uma única pauta, independente quais as nossas áreas de atuação, crenças ou valores. …


Image for post
Image for post

É crescente a busca das pessoas por respostas que estão além das ciências, das tecnologias e da matéria. As evidências de uma “consciência coletiva” estão por todos os lados: meditação e yoga já chegaram a muitas organizações para auxiliar no desenvolvimento humano; produtos de origem animal são desvalorizados por uma geração que busca equlíbrio na alimentação e valoriza a produção local; lugares como Piracanga e Alto Paraíso são roteiros cada vez mais desejados; astrologia nunca foi tão popular. Autoconhecimento está na moda e isso não é à toa.


Image for post
Image for post

Como sociedade, vivemos em tempos em que a cada novo dia nossos olhares são impactados por diferentes formas e hábitos, que desconstroem ideologias e expandem os comportamentos vistos como padrão. É o caso das novas representações masculinas.

Desde pequenos, somos apresentados a imagens que representam os arquétipos masculinos e femininos. No caso dos homens, todos precisam ser fortes, caminhar de forma dura e esguia, fazer dinheiro e jamais demonstrar fraquezas — deixamos esse privilégio com as mulheres. …


No Facebook e no Instagram acompanhamos o registro de vários acontecimentos na vida dos nossos contatos: festas incríveis, livros de cabeceira cabeçudos, drinks e jantares elaborados, janelas de avião, céu azul na praia, piqueniques, risadas. No Foursquare também estão registradas as passagens por alguma galeria de arte incrível, aeroportos internacionais ou festas VIP. Por que tudo isso?

Imagem é tudo

As mídias sociais criaram uma silenciosa e acirrada disputa entre as pessoas para mostrar quem aparenta ter a vida mais bacana. Pensamos que estamos felizes com o que temos até nos depararmos com um update na rede social que sussurra o contrário: você…

Box1824

Pesquisa em tendências de consumo e comportamento jovem. Textos também disponíveis no Ponto Eletrônico > www.pontoeletronico.me

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store