Utilizando o Windows Azure pela linha de comando

Esse post foi migrado do blog antigo. A publicação original foi no dia 05/03/2014

Eu sei que declarei que não sou fã de usar o terminal, mas, existem vários cenários que podem se beneficiar de scripts de criação de vm, scaling e algumas ações que só podem ser feitas via linha de comando, então vale a pena conhecer essa alternativa!

Podemos acessar o Azure via PowerShell ou azure-xplat.

O PowerShell só roda em Windows, depende do Azure SDK e é, basicamente, uma série de cmdlets.

O azure-xplat é uma ferramenta multi-plataforma, desenvolvida em NodeJS e disponível no npm (gerenciador de pacotes do NodeJS).

Vou utilizar o azure-xplat por ser multi-plataforma.

A partir daqui, todos os comandos serão executados dentro do terminal.

Download

Como eu falei, o azure-xplat está disponível no npm e para baixar é muito simples. Como eu uso o chocolatey (apt-get para windows), eu só preciso fazer isso:

Pronto, você já tem uma instalação do NodeJS completamente configurada na sua máquina.

Para baixar o azure-xplat:

Agora, digitando ‘azure’, temos isso:

Todos os comandos possíveis estão aí.

Comandos

Para começar, precisamos entender como os comandos são construídos: A estrutura é assim:

Alguns exemplos:

Intuitivo, certo?

Vamos ver na prática!

Importanto sua assinatura

Para começar, vamos configurar nossa assinatura do Azure neste ambiente. Para isso, só precisamos fazer o download do arquivo de configuração e importá-lo:

Isso vai fazer o download de um arquivo de configuração. Para importá-lo, basta executar o seguinte comando:

Pronto. Você já pode gerenciar a nuvem pela linha de comando!

Vamos fazer o primeiro teste:

WOW!! Conseguimos listar todas as nossas VM’s e o atual estado delas. Muito bom!

Vamos tentar mais um:

Interessante, e se eu quiser o resultado em json?

Não estamos limitados a ficar listando nossos recursos na nuvem! Podemos, também, gerenciá-los!

Gerenciamento de recursos

Vou pegar um site que tenho para exemplo de um post:

Este site está configurado para o modo Free. Para escalar o site para o modo Standard, por exemplo, basta digitar:

Fácil, né? Agora, se eu exibir as informações novamente, esse site já está no modo Standard.

Concluindo

Automatizar tarefas faz parte do nosso dia-a-dia e, para isso, nada melhor que a linha de comando.

Utilizando o azure-xplat, sempre que você se sentir “perdido”, basta digitar o comando ou recurso que você quer ajuda com -h ou — help no final.

Quer saber como criar uma máquina virtual? Vem aqui!

Luís Rudge é pai e desenvolvedor há anos. Trabalha na Round Pegs Inc & seu projeto pessoal http://www.uniclearning.com.br/ — hospedado inteiramente no Azure

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store