Playerunknown’s Battlegrounds e o Game Design

Diversos jogos AAA(com grandes orçamentos e emprego de tecnologia) foram lançados em 2017. Alguns se tornaram fiasco, como Mass Effect, outros fizeram sucesso, como Zelda e Horizon Dawn, mas nenhum jogo fez tanto sucesso quanto Playerunknown’s Battlegrounds, um jogo que não se enquadra nessa classificação. e ainda não foi lançado oficialmente.

Ranking de jogadores na Steam e horas jogadas ao todo

Em apenas 3 meses PUBG, como é apelidado, vendeu mais de 4 milhões de cópias e obteve um lucro de mais de U$ 100 milhões. Atualmente o jogo se encontra no top 2 de jogadores na Steam, feito jamais alcançado antes, está muito perto de ser o primeiro, ultrapassando Dota 2. Os rivais já ficaram para trás, mas por quê?

Um pouco de história

Brendan “PlayerUnknown” Greene, criador do jogo, é Irlandês e ex-residente do Brasil. Começou a fazer Mods de jogo quando morava em Varginha — MG, possuía um servidor próprio de DayZ, com modificações, quando ainda era um Mod de Arma 2. A partir daí adentrou o mundo das modificações e criou DayZ Battle Royale.

Ele foi migrando entre os jogos, sempre aperfeiçoando o seu modo de jogo. Arma 3, DayZ Standalone, H1z1 são alguns jogos que ele jogou e modificou. Inclusive o jogo H1z1 não era um "Battle Royale" ou king of the hill quando lançado.

Mas então, se PUBG não traz nada de novo e já existem jogos similares, por que faz tanto sucesso?

Game Design e relações públicas

Sou fã de Arma, já joguei DayZ e nunca toquei no H1Z1, que só entrou na minha wishlist após se tornar "King of the hill". Os jogos da série Arma não se enquadram a ser comparados com PUBG, pois são sandboxes e tem um público alvo diferente.

Porém, DayZ e H1Z1, concorrentes diretos, perderam espaço e definham (DayZ já definhou há tempo). Enquanto isso jogos como GTA e jogadores de Counter-Strike tentam tirar o atraso ou aproveitar a Hype do estilo de jogo, lançando mods e modos novos.

PUBG não traz nada de novo. O sistema de Battle Royale já é conhecido da cultura pop e, como dito anteriormente, já há jogos no sistema. O seu sucesso se deve à equipe de desenvolvedores que se relaciona bem com seus consumidores, os ouve e principalmente mantêm o jogo sendo constantemente atualizado e renovado.

Como ouvi muitos jogadores dos outros jogos falando, "eles ficaram estagnados e parecem não ouvir a comunidade". É claro que o Game Designer deve se manter fiel a sua proposta, mas em tempos de empresas que não fornecem à comunidade o que ela quer e tenta nos vender CoDs novos de batalha especial, PUBG é uma grata surpresa.

A lição é: mesmo que o Game Designer queira projetar algo para si, deve pensar sempre no jogador. Se manter aberto aos feedbacks da comunidade através de algum canal e aceitar com humildade que as vezes que a sua percepção sobre o seu produto pode ser parcial.

Esse é um post introdutório, teremos mais aprofundamento sobre Game Design e outros assuntos, como UX.

Abraços e obrigado,

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.