#9 O sol é para todos

Autora: Harper Lee
Páginas: 296
País de Origem: Estados Unidos
Editora: José Olympio
Compre: Amazon

1. Por quê escolheu ler este livro?
Eu queria um clássico pra essa lista. Fiz uma votação rápida no Twitter (sempre ele) entre esse e Oliver Twist e esse ganhou de lavada.

2. O quê valeu a pena nesse livro?
Absolutamente tudo que diz respeito ao ser humano faz esse livro valer a pena. Essa história se tornou uma daquelas obras que eu sempre vou levar comigo como uma referência de lugar querido. Conhecer seus personagens foi como fazer novos amigos. Atticus Finch, em especial, se tornou meu novo ideal de pai e de ser humano. Sua filha, Scout, me fez lembrar uma inocência e uma garra na jovialidade que às vezes eu preciso me esforçar para não considerar perdida em mim mesma.

3. Para quem indicaria esse livro?
Para qualquer um que respire e saiba ler (se não souber me avisa que eu leio pra você). Especialmente para aqueles que já foram injustiçados ou que mesmo que não tenham sido, não suportam ver isso acontecer.

4. Qual é a dica de escrita que você tira desse livro?
Eu nunca vou chegar no nível da Harper Lee.
Brincadeira.
Eu acho que o mais importante aqui é pensar bastante a respeito da principal mensagem que você deseja passar com esse livro. Muitas vezes ela se esconde em uma linhazinha (nesse caso, a linha que é o título original da obra) e então, você constrói toda a história em volta disso. Não é tarefa fácil, mas o resultado é belíssimo.

Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça.
Show your support

Clapping shows how much you appreciated Leca’s story.