Zumbidores

Com certeza você já acordou no meio da noite, cansado, sem saber o porquê. Com um zumbido horrível no ouvido. Ou talvez no trabalho,em meio ao stress, o zumbido tão forte que você tinha vontade de gritar. E assim como ele veio, ele se vai, ele sempre se vai.

Mas as vezes, não.

Não é seu stress, seu cérebro ou uma simples ocorrência natural, o zumbido é um aviso, de que eles estão perto. É durante o zumbido que eles vem, te levam, para cima, sempre acima, até tudo parecer escuridão, as eras se perderem, e a loucura e o horror inimaginável do cosmos se revele.

Então se o seu ouvido começar a zumbir, corra, o mais rápido possível, se afaste, pois você pode não ser o escolhido, mas eu não gostaria de apostar nisso.

Depois que você sobe, não tem volta, os olhos parecem não fazer sentido, as distancias parecem não existir mais, só a dor, o sangue, a carne, e eles. O ambiente pútrido, o ar pesado, luzes doentias, verdes, amarelas, distorcem a realidade a sua volta, e quando você acha que vai morrer de horror, aí é que eles começam as experiências.

Você me pergunta como eu sei disso, talvez seja uma história que eu consiga contar algum dia, mas não hoje. Hoje eu quero te avisar, se o zumbido começar, fuja.

Like what you read? Give holycow a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.