Como você administra seu tempo de trabalho?

Um review sincerão sobre o Timely, um app para gestão de tempo e projetos facílimo de usar


Existe uma frase famosa de uma escritora estadunidense que diz que, apesar de precioso, o tempo é gratuito. A afirmação é contundente, num contexto mais metafórico. Mas quando saímos da poesia, entramos no mundo real e encaramos nossa rotina de trabalho, a frase perde o sentido. Pelo menos para quem é autônomo, freelancer ou empresário.

Aí, pessoa querida, a coisa muda de figura. O tempo continua igualmente precioso, mas tem um valor real, em reais: o da nossa hora de trabalho ou o valor/hora das pessoas que trabalham pra gente. Nesse caso, tempo é dinheiro. E não saber gerenciá-lo pode custar caro.

É por isso que somos fãs das ferramentas de gestão de tempo e produtividade.

Há seis meses descobrimos o Timely, um aplicativo muito útil e extremamente fácil de usar. Ele é uma mão na roda na hora de organizar novos projetos, gerenciar o tempo, saber quem está fazendo o quê e quantas horas estão sendo necessárias para desenvolver cada atividade.

Logo que terminou o período de teste, fizemos questão de adquirir a versão paga. Pela utilidade que tem, não é uma ferramenta cara. E quem é autônomo ou freelancer pode gerenciar gratuitamente até cinco projetos.

Como usamos

Como a maioria dos nossos projetos são de escopo aberto, a gente utiliza o Timely para enviar relatórios de desempenho para os clientes.

A ferramenta facilita bastante a aproximação do cliente com o projeto, porque promove uma comunicação clara, direta e constante. Então, a gente acaba utilizando o aplicativo também pra formalizar (ainda mais) o fluxo de trabalho.

Por que usamos (e indicamos)

O Timely é uma ferramenta de gestão de tempo e de projetos bonita e extremamente fácil de usar. Fácil para o profissional que preenche as horas de trabalho, e fácil também para a pessoa que precisa verificar onde essas horas estão sendo utilizadas.

Também é um braço amigo na hora de gerar relatórios e invoices para os clientes, já que a ferramenta descreve quantas horas foram utilizadas e em qual tarefa esse tempo foi aplicado.

Outra possibilidade bem legal que o Timely oferece é poder planejar quantas horas você irá dedicar a cada projeto ou atividade e depois avaliar o destino real dessas horas. Além disso, é possível, ainda, definir o budget (previsão de investimento) de cada projeto e verificar quanto já foi gasto.

Sem falar na qualidade do suporte, que nos atendeu muito bem sempre que foi necessário.

O que o Timely melhora

Desde que descobrimos essa ferramenta, melhoramos o controle dos nossos recursos humanos. A maior facilidade para gerar e entregar relatórios também foi um avanço e tanto.

Antes, o time demorava em torno de três horas só para levantar a quantidade de horas trabalhadas, organizar essas informações em um pdf e enviar para o cliente. Nessa época, cada pessoa tinha seu próprio controle de horas. Reunir, unificar e padronizar isso era mais um trabalho de formiguinha. Hoje em dia, esse processo não leva mais do que cinco minutos.

Dicas para usar o Timely direitinho

Na verdade, a dica é mais sobre o uso que você faz do Timely do que sobre a ferramenta em si. Então, lá vai: sempre, sempre, sempre se organize. Saiba pra onde vão as suas horas. Se você não sabe quanto tempo foi gasto para desenvolver suas tarefas, é impossível medir os resultados, mesmo com o Timely.

Procure entender o que suas horas indicam: por que você gastou tanto tempo na tarefa A? Qual era o gargalo? No que é preciso melhorar? A gente sabe que fazer mais rápido não significa fazer melhor. Mas independentemente de fazer mais rápido ou não, é importante entender quanto tempo você demora e por qual motivo. Seja para adequar-se ao ritmo de trabalho do time ou até para facilitar as próximas estimativas.

Afinal, suas horas nada mais são do que o analytics do seu trabalho.

Avaliação geral

  • Usabilidade: ☺☺☺☺
  • Interface: ☺☺☺☺☺
  • Utilidade: ☺☺☺☺
  • Preço: $$ (dez dólares por usuário tá bom, né?)

Um adendo sobre a publicação

Estamos sempre em busca de ferramentas que, de alguma forma, facilitem nosso cotidiano de trabalho. Imagino que você também. Pensando nisso, resolvemos compartilhar os achados que encontramos por aí e trazer pra cá, uma vez por mês, com um review de alguma ferramenta que usamos, aprovamos e recomendamos.

Esperamos que você goste e que compartilhe com a gente a sua opinião: se gostou ou não gostou, usou ou não usou, usaria ou não usaria, etc. Se tiver sugestões de aplicativos para testarmos, também será muito bem-vindo! (:


Dicas de leitura

Se você ainda não encontrou a ferramenta que precisava ou está em busca de novas, pode gostar de ler:

  • Este artigo sobre por que o Sketch é muito melhor do que o Photoshop para UI Design e;
  • Este texto com 7 dicas de aplicativos pra te ajudar a dar um up na produtividade.

Gostou do texto? Que tal recomendá-lo? Você também pode seguir a gente no Facebook e no Twitter e ficar por dentro das nossas atualizações semanais. (: