Neo-Lombrosianos: Como Justiceiros Sociais prejudicam a esquerda e suas próprias pautas
Raphael Tsavkko Garcia
12826

Realmente, os SJW’s existem. Por um lado, acredito que seja uma estratégia política para enfraquecer as massas. Lamentavelmente, todas as pessoas de esquerda necessariamente são vinculadas a um partido político, quando hoje no Brasil, ser de direita ou de esquerda não te faz defensor de nenhum partido, ainda mais na situação política que o país se encontra. 
No mesmo caminho, a interseccionalidade do feminismo traz à tona questões que mexem com outros modos de reação e discriminação. O que vejo é racismo, e até mesmo no feminismo existe o feminismo branco e o negro.

O que vemos dos prints? Que podem haver feministas racistas sim, o que, como já disse, só enfraquece o diálogo feminista. E o pior, há a tendência de se cair na falácia argumentativa.

É lamentável, porque pelo próprio conceito do feminismo, que se ampliou a partir da 3ª onda, combate todos os tipos de diferenças — o objetivo maior é a igualdade, que ultrapassa as barreiras de gênero, para incluir as raças e etnias, e as brigas desses pequenos núcleos somente tendem a enfraquecer o próprio movimento.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.