Cemitério de querer
Celina
452

O vago, o espaço, o eco de nossos passos que caminhavam lado a lado.

Isso é a industria do nada. Mandou bem Celina

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Alvaro C. Adriano’s story.