O que eu espero do futuro.

Quando eu tiver 16 anos espero estar bem no colégio, ter estudo o suficiente para passar em vestibulares. Aos meus 18 anos, estarei me formando e dando mais um pouco de orgulho aos meus pais e então começarei uma nova jornada. Espero ser um adolescente bem sucedido.

SÓ VISO MEUS OBJETIVOS, NÃO ACREDITO EM FRACASSO.

Após me dedicar em meus estudos, estarei em uma faculdade no exterior, cursando medicina. Sentirei falta dos meus pais aqui no Brasil, e minhas irmãs cuidarão bem deles. Com meus 26 anos estarei formado e voltando a casa definitivamente. Farei um curso de especialização em neuro-cirurgia, depois algum doutorado e diversos outros cursos. Aos meus 40 anos, estarei muito bem de vida, infelizmente meus pais não estarão mais vivos, mas, estarei feliz, realizarei o sonho deles. Espero estar casado e ter um filho, a qual dedicarei tanto quanto meu pai se dedicou a mim.
Não irei andar em carros de luxo, tão pouco morarei em casa extravagante e sempre estarei frequentando a igreja. Espero ter contato com meus antigos amigos do colégio, pra marcar aqueles churrasquinhos nos fins de semana, aos meus 40 anos minhas irmãs estarão velhinhas e eu terei que cuidar delas. Aos 45 anos, eu irei pensar no passado e lembrar como era bom ser criança. Aos meus 50 anos, problemas de saúde ião surgir e irei me cuidar, meu filho terá 15 anos e será um jovem de saúde e alegre. Cada natal e ano novo, eu lembrarei das minhas tias e dos amigos doces que fizemos lá, talvez alguma lágrima caia. Aos meus 60 anos estarei aposentado, minha mulher ainda terá amor por mim, meu filho já estará formado e cursará o que ele quiser. Vou lembrar das palavras de meu pai e irei pensar “Como estou ficando velho”. Minhas irmãs estarão com 80 e poucos anos, e vou estar preocupado com elas. Aos meus 70 anos, meu filho assumirá o posto de homem da casa, minha mulher estará mais rabugenta do que nunca e eu estarei, como sempre, alegre. Já estarei pensando em minha morte, e ao chegar aos 80 começarei a fazer pedidos do tipo “Filho, você vai comprar um terno novo, pra eu ficar bonitão”. No meu funeral deverá ter bebidas, as pessoas são mais felizes quando estão “doidonas”. Ao completar 85 anos, estarei teimoso e estarei esperando por Jesus ou a morte, o que vier primeiro.
Talvez eu morra de alguma doença, ou de velhice mesmo. Eu não pensarei no meu passado, apenas nas coisas boas que aprendi com ele. E então antes da minha morte chegar escreverei um lindo texto para algum familiar ler. Nesse texto, com certeza terá “Aos que ficam espero que não estejam tristes, afinal, eu vivi de uma forma incrível. Combati o bom combate, encerrei a carreira, guardei a fé.”
Eu ficarei muito feliz com isso, estarei lá de cima observando e caso algo estiver fora dos requisitos, eu voltarei pra pertubar meu filho. Minha morte será o auge da minha felicidade, pois eu estaria ciente que consegui realizar o que tinha pra ser realizado.

Devem achar que eu planejo muito, as coisas podem mudar.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Alvaro’s story.