Dia Mundial do Câncer

No dia mundial do câncer, dedico esse texto a todas as minhas amigas de luta. Ele retrata como poucos a realidade que passamos.

É, amiga, você teve câncer...

Que m..., hein? Por mais que a gente tenha muito mais a comemorar do que a chorar, venhamos e convenhamos, não foi fácil, né? Só a gente que passou sabe o quão difícil foi, por mais forte que tenhamos parecido ser...

Nessa semana me vi relendo o post que fiz sobre o "Manual para quem descobriu que está com câncer" , e pensei... Por que não fazer para quem sobreviveu a esta meleca?

Antes das críticas, não sou um ser iluminado dando dicas de como ser, fazer, agir, só tento brincar com essa droga de doença que aconteceu com a gente (ou com alguém importante para você...).

Vamos às dicas?

1 - Primeira delas. Você é sinistra. Sério. Enquanto suas amigas choravam porque queriam uma bolsa, um sapato, um perfume, que o cabelo alisasse (ou encaracolasse...aff, mulher nunca está satisfeita com nada), que a barriga ficasse tanquinho, que a bunda virasse a de madrinha de escola de samba, nós estávamos querendo apenas sobreviver. E lutamos muito para isso. Cara, você é Ph..., com ph mesmo...

2 - Você está dando muito mais valor à vida. Claro que você tem problemas. O seu emprego tem momentos chatos, seu chefe te perturba, muitas vezes você nem conseguiu voltar a trabalhar, as contas não pararam de chegar, você ainda pega trânsito, gente te destrata em alguns lugares, masss... O que significa isso quando você compara aos momentos pós-quimio??? Ahhhh, tiramos isso de letra.

3 - Seu cabelo cresceu. Em algumas, ele cresceu mais liso, em outras mais ondulado, mais branco, mais louro, mais escuro... Mas cresceu... E cá entre nós duas, você já voltou a reclamar de ter que secá-lo antes de sair, não foi? E a conta do cartão de crédito voltou a crescer com xampus e condicionadores caaaaros, não voltou? Seu banheiro já parece o setor de higiene pessoal do mercado... Lembra quando ele começou a cair? Pois é, ele cresceu e você já faz até rabo de cavalo...

4 - Lembra aquele soutien bege enoooorme que você comprou para o pós-op da mastectomia? Você acaba descobrindo que até que o danado era confortável, naquele dia de desespero onde os bonitinhos estão lavando e você apela para o bege-vovó mesmo...

5 - Você agora tem uma cicatriz gigante no peito... (ou nos dois, ou na barriga...). E sabe o que isso quer dizer? NADA! Quanta mulher não anda operando e ficando com cicatriz enorme por motivos estéticos. A nossa foi sobrevivência, baby...:) E ela diz respeito ao item 1.

6 - Você pode não estar se alimentando da forma mais correta, pode ainda não estar fazendo exercícios, mas sabe bem que precisa e vai encaixar isso na sua vida nos próximos 15 dias.

7 - Como a gente ficou alguns meses longe de algumas coisas bem boas durante o tratamento, agora cada mergulho no mar é ainda mais gostoso, cada salada crua é ainda mais saudável, cada cinema é ainda mais legal... Até aquela praia lotaaaada dos fds está ótima.

8 - Você agora sabe bem o que outra paciente com câncer está sentindo. E sabe o que é bom disso tudo? Você pode realmente ajudar outras pessoas. E como faz bem para alguém que está começando o tratamento ouvir de alguém que já passou por isso de que está tudo bem, de que a vida seguiu e a dela também vai seguir...

9 - Você tem um medo que se pela da meleca do câncer voltar... Eu sei. Cada mês de fazer exames é pior que pular de asa-delta sem a asa... Sensação pura de medo. Afinal quem achou bom encarar um diagnóstico desses? Mas, vamos ser racionais (ao menos tentar): quantas pessoas são atropeladas todo dia? Quantas morrem em decorrência da violência? Pois é, para morrer basta estar vivo, então vamos aproveitar bem o hoje, pois o amanhã ninguém (mas ninguém mesmo!) sabe se chegará.

10 - Por falar em medo que se pela... Quer parar com essa mania infeliz de continuar abrindo os laudos antes de levar ao(s) seu(s) médico(s)???? E lá vai correr para o Dr.Google e ler um mooonte de coisa nada a ver... E para de querer fazer os exames de tudo quanto é coisa porque quer descobrir logo se tem metástase... Na boa, se tiver você vai tratar. Para de sofrer de véspera! Ou você é peru?

11 - E que tal aproveitar que você passou por esse perrengue ainda jovem e tentar saber qual é sua meta (suas...) de vida. Muitas vezes as pessoas só param para pensar no que querem deixar de lembrança para os que ficam neste mundo, quando já estão beeeem velhinhas... A gente encarou a morte bem cedo, foi uma droga, mas já sabemos bem que ela chega e vai chegar para todos... Que tal aproveitar a vida e deixar nossa marca com orgulho de termos vivido bem e fazendo o bem?

12 - E para não acabar no 10, porque afinal somos diferentes... Vamos ser felizes. Não sempre, pois tivemos câncer, não ficamos loucas... Sabemos que terão dias nublados, assim como existem os dias de sol... A vida é cíclica, mas que a gente consiga fazer com que os dias mais pesados sejam menos frequentes e que a alegria de estar viva perdure na maior parte da vida.
❤❤❤❤