Quem tem medo de engordar?

Se você tem, já adianto: existem coisas mais assustadoras e urgentes nesta vida, venha comigo que eu te conto em primeira mão quais são.

Ontem, enquanto eu literalmente jogava meu tempo fora surfando na web, me deparei com uma matéria de cunho jornalístico nível “Caetano estacionou o carro no Leblon”, que me deixou com uma pulga pestilenta atrás da orelha, além de um punhado de vergonha alheia. Eis o digníssimo título de tal publicação:

Após perder 46 kg, ex-BBB Paulinha sofre por ter engordado 9: “Medo”

Isso mesmo. Quem foi ou deixou de ir no Castelo de Caras® e qual famosa foi “flagrada” no shopping da barra com um novo “eleito” são abordagens do passado. As mais inovadoras técnicas do jornalismo de celebridades são baseadas em quem postou o que e as “repercussões na rede” – que não passam de prints de comentários do twitter feitos por algum adolescente com muito tempo livre e preguiça de estudar para a prova de física. Apuração cautelosa, meus queridos. Caiu até um cisco no olho do Gay Talese.

E essa publicação não fica para trás, noticia com maestria o famigerado post da ex-participante do BBB 11. Post este ilustrado com foto naturalíssima de Paulinha lamentando os kilos ganhos e legenda detalhando o esforço sobre-humano que a levou a perder esses 45 kgs e ganhar 9; além do choro na academia; os sonhos com lasanha; entre outros percalços pra lá de dramáticos da batalha épica de paulinha com balança.

Mas esse texto não é sobre celebridades, o fim do jornalismo ou mesmo a auto estima abalada da ex bbb Paulinha. É sobre o tal medo de engordar, que tanto assombra o inconsciente coletivo desse brasil, sempre à mercê das pressões estéticas mais bizarras. Sobre isto tenho uma notícia chocante, que provavelmente não irá parar na home do Ego (R.I.P): nada muda na sua vida quando você engorda.

Você continua com as mesmas qualidades e defeitos, habilidades e inabilidades, neuras, manias e opiniões equivocadas. Extra, extra: VOCÊ PERMANECE A MESMA PESSOA!! As contas continuam vindo, os dias nascem e se põe nos mesmos horários. A vida segue como uma sucessão de dias sem sentido e nem propósito. Literalmente a única coisa que muda é o número na balança, e, talvez, o tamanho das suas calças.

Pois é, estar fora do padrão não é motivo para pesadelos. É bem ok, pois o padrão é distópico e inatingível, amiguinhos!

Por isso mesmo eu listei cinco motivos mais urgentes para a Paulinha da décima primeira edição do BBB sentir medo, e aqui vão eles:

1.0 Medo de boletos empilhando e a conta no negativo

Não há filme de terror que supere a vida adulta no modo pobre. Rotativo do cartão de crédito já me tirou muito mais o sono do que a culpa da lasanha que eu comi no jantar.

2.0 Medo de dentistas e palhaços

O primeiro é um cirurgião com um plano B pros momentos de merda ó-t-e-m-o : ligar para a ambulância. Ele é a definição da pessoa que não tem a menor ideia do que está fazendo – e ele está com um bisturi na tua boca – era melhor ser operado logo por um palhaço. Palhaços …. não preciso entrar em detalhes, né?

3.0 Medo das eleições de 2018

Bolsonaro, Dr. Ray, Luciano Hulk. Esse debate vai dar pano pra manga dos nossos maiores pesadelos. Ta ai algo mais assustador do que uma pança ou uma papadinha.

4.0 Medo de chegar em casa depois de um dia de trabalho, se deparar com a louça imunda e descobrir que o detergente acabou

A história de horror começa com uma pilha de louça suja, mas suja mesmo, com molho de tomate e mosquinha sobrevoando. Dai você arregaça a manga, veste a luva e nada de detergente. A escolha de sofia é de dar frio na espinha: dorme com a porta do quarto trancada ou sai de noite pra comprar mais detergente?

5.0 Medo dele, o patriarcado™

Não precisa ler distopia feminista pra ficar sem dormir, pois o patriarcado é a instituição brasileira que melhor funciona neste País. Eficiente e maquiavélico como ele só, com direito à lavagem cerebral, teoria da conspiração e tudo. Paulinha e seu medo de engordar que o diga.

Ps1: só queria dizer que trabalho é trabalho, então se você é jornalista de celebridade e precisa fazer pauta sobre Instagram de ex-bbb, se joga e me perdoa. Eu já tive que fazer muita pauta que deixaria Caco Barcelos primeiro de cabelos em pé e depois em uma depressão profunda.
É isso ai galerinha. Vlw, flw. 🤙🏼
Like what you read? Give Ana Barella a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.