Ofício de Trevas

Os anjos não compreendem os homens
(Manuel Bandeira)

Trêmula, frágil, como que se faltasse
da noite uma porção essencial 
eu procurava o mais sutil claro-escuro
em que pintá-la, torná-la imortal.
E por mais trêmulo, frágil e impuro
que fosse o fazer do meu próprio ofício
e nem que dos anjos a língua falasse
a treva não me recebia, por qualquer artifício.

Nenhuma vela acesa permanece no altar.
Nenhum resto de fogo, mesmo que fátuo,
acompanha o canto rouco no eco
dessa Romaria da alma, em moto perpetuo.
As vozes dos motetos já não tocam a parede do beco.
Sons e luzes que todo este altar transfigura,
dê voz e matéria a este que Vos quer falar:
tenha pena desta pequena e triste figura !

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.