Histórias da Guerra dos Seis Dias

“A Porta dos Leões: As Linhas de Frente da Guerra dos Seis Dias”, livro escrito por Steven Pressfield, reúne relatos de soldados das Força de Defesa de Israel que participaram da Guerra dos Seis Dias.

O livro não tem a intenção de ser imparcial e nem fazer observações críticas sobre o contexto diplomático e político desta guerra, ao contrário, é claramente um livro como uma abordam subjetiva da Guerra dos Seis Dias, no qual se lê várias narrativas emocionantes sobre a perspectiva dos soldados envolvidos no conflito.

É possível vislumbrar, através das memórias dessas pessoas, uma Israel ainda marcada pelo Kibbutz, extremamente secular e influenciada pelos valores dos seus pais fundadores.

É um material muito interessante para quem curte exército, histórias de soldados e de batalhas. Pressfield apresenta ao leitor os relatos dos soldados da 119 Esquadrão de Mirages da Força Área, 7 Brigada de Blindados (sobretudo, a Companhia de Reconhecimento), o 124 Esquadrão de Helicópteros, o 71 Batalhão de Paraquedistas e outros.