A quê te chamo?

Ele tem alma bonita, confusa, em busca…

Quesente

Sensibilidade atraente

Encontro inexplicável

Destino ou repetição amável?

É que tem um lance de energia

Desses que pega forte

Dá uma balançada, de dobrar os joelhos

Vontade de mostrar a loucura

Saber dos detalhes

Mas eu não sei a que veio

Na verdade, quem foi, fui eu

Louca, Insana, Querente

Acreditando no tato, mesmo sem muito precedente

Mas é que tem um lance de energia

Da alma querer saber…por que tanto querer?

De detalhes- a dança, a graça, o beijo

Deu em muito desejo

Mas a gente, a gente nem se vê

E eu continuo a querer e não saber…por quê?