Igor – Ravi Aynore. 2016

Sentou-se em meu ser e,

Enquanto descansa,

É pra sempre!

Dito

Ainda tem pele,

Pelo,

Apelo,

Rancor…

Que não cede ao talento discreto.

Do pulsante feto

Que aos poucos abortamos.

O inconstante,

O tirano,

O tempo e tempero,

O sem praça,

Sem pressa,

E sem preço:

_________ .

Fim!

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.