Prepare a pipoca e confira sete filmes sobre o mercado financeiro

Enfim, “sextou”. Fim de semana chegando e cinema é sempre uma boa pedida para curtir os momentos de lazer. A sétima arte também é uma das maneiras mais interessantes de aprender sobre o mercado financeiro e suas particularidades.

Ficções à parte, há excelentes filmes sobre os grandes momentos do mundo das finanças: o boom dos bancos de investimento nos anos 1980/90, a quebra de um dos mais antigos da Inglaterra (Barings), casos de corrupção e fraude corporativa (Enron e Madoff) e a grande crise americana de 2008 foram percebidos também pelos cineastas.

Netflix e afins ligados, por onde começar?
Claro que a lista poderia ser muito maior, mas vamos começar com sete filmes e documentários que podem ajudar a entender melhor o mercado.

Eis os nomes:

Margin Call: o dia antes do Fim
A trama acontece no início da grande crise financeira de 2008, quando um banco de investimentos descobre repentinamente que seu sistema de risco estava programado de maneira errada. Quão errado? O suficiente para levar o banco à falência. O filme, que conta com figurões como Demi Moore e Jeremy Irons, é um ótimo retrato de como se deu o início da crise e a queda geral dos preços.

O Lobo de Wall Street
Todo mundo viu esse, né? Não? Martin Scorsese e Leonardo DiCaprio retratando o mercado na década de 90, o boom de Wall Street, o crescimento das ações de segunda e terceira linha, a completa falta de suitability, excessos por todo o lado e o mercado de corretoras bombando nos EUA. Baseado no livro de memórias de Jordan Belfort.

Wall Street — Poder e Cobiça
Old school ou old is cool? Wall Street é provavelmente o filme mais conhecido do mundo sobre mercado financeiro. Ele deu origem ao personagem Gordon Geeko e sua emblemática frase “Greed is good” (A ganância é boa). Além de retratar a parte do mercado, o filme também mostra um pouco da cultura americana de mentoria. A história acompanha Buddy Fox, jovem investidor que acaba, de certa forma, tendo Gordon Geeko como seu mentor. Como isso acaba? Vale a pena conferir.

Grande Demais para Quebrar (Too Big to Fail)
O filme/documentário foi produzido pela HBO e retrata o ponto de vista do secretário americano Hank Paulson sobre a crise de 2008. Paulson era o equivalente ao ministro da Fazenda dos EUA na época. Sem ficção, sem dourar a pílula, um retrato nas palavras do personagem que viveu o centro do furacão da pior crise desde 1929. Imperdível.

Chasing Madoff
Como alguém consegue enganar por tanto tempo investidores, bancos e reguladores? A história de Bernie Madoff é realmente fascinante e ajuda a lembrar da importância de assuntos como regulação, suitability, códigos de distribuição, due diligence, entre outros. O filme mostra as investigações que terminaram na prisão de um dos maiores fraudadores do mercado.

Enron: Os mais espertos da sala
Mais um filme sobre escândalo, fraudes, investigação e muito dinheiro sendo perdido. A Enron, gigante do setor de energia, sucumbiu após a descoberta de fraudes contábeis, fiscais e todo tipo de problema. O roteiro mostra a rápida ascensão e queda dessa empresa que marcou época no fim dos anos 90. A companhia chegou a ter mais de 20 mil funcionários e ser colocada como a 7ª maior dos EUA.

A Grande Aposta
Quem não gostaria de ter antevisto a crise de 2008 e levado muito dinheiro com isso? Alguns poucos tiveram essa competência e, sem dúvida, foram bem remunerados. Com Cristian Bale, Steve Carell e Ryan Gosling, o filme mostra a história real de alguns investidores que enxergaram a crise, apostaram suas fichas nela e ganharam muito dinheiro. Foi fácil? Longe disso. A diferença entre o que irá acontecer e quando irá acontecer é muito importante no mercado e o filme retrata bem esse ponto. Um ótimo início para quem quer saber mais sobre os grandes ganhadores da crise.

E aí, gostou da lista? Sentiu falta de algum título que valha a sugestão, compartilhe conosco nos comentários.

Prepare a pipoca e bom divertimento!

Like what you read? Give Banco do Brasil a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.