Mapa

Minha memória é ruim 
E por isso constantemente mudo
Quando vejo já estou falando com Gaia
Que me fez raiva outro dia
Mas aí já passou

Depois de um tempo lembro e tudo volta
Só que diferente
Não vira um problema da gente

Eu começo a falar 
E já me distraio 
Tento retomar as palavras
Procurar na linguagem 
O escondido do pensamento

Ando pela casa 
E por qualquer razão me deparo 
Com a cozinha, o quarto, a biblioteca
O teto, o quadro, a rua, os carros

Minha memória é ruim
E vivo me perdendo de mim

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Banolu’s story.