Sobre fazer amor.

“Você não consegue.”
“Consigo sim.”
“Duvido.”
“Ok. Hoje vamos fazer amor.”

Decisão tomada. Jantamos juntos, vimos filme, conversamos amenidades, mas nossas cabeças inevitavelmente pensando naquele momento que viria.

E veio.
Tudo muito suave. As roupas sendo despidas botão-por-botão-lenta-lenta-lentamente…
Num ritmo que não era nosso.
Numa velocidade que não era a minha.

(Você sabia que eu não conseguiria.)

“Me fode logo, caralho.”

Eu vi o seu sorriso cínico antes de você me devorar.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Jéssica Caroline’s story.