Medo do Escuro

De olhos fechados
 Me pego pulando
 Metade das páginas
 Direto pro futuro
 
 No meu diário
 O branco toma conta
 Tão embaçada é minha visão cansada
 Tudo é ofuscado ao meu redor
 
 Eu não ando, eu tropeço
 Sou um mudo que cita versos
 Viciado em navegar
 Nesse oceano
 
 Sei que se eu procurar
 Nunca vou encontrar
 E então se eu te olhasse nos olhos
 Você desviaria o olhar
 
 Eu não posso deixar
 Me dê calor
 Isso tem que passar
 Me dê calor
 Meu amor
 Meu amor

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.