Flamengo deixa escapar a oportunidade no confronto direto

Por Jaqueliny Botelho

Com o gol do Luan aos 25 minutos do primeiro tempo o Flamengo perdeu para o Grêmio, em casa, e deixou escapar a oportunidade de arrancar pontos na briga direta. O colorado gaúcho propôs um jogo na retranca, só esperando e almejando o contra-ataque. O desorganizado Flamengo não conseguiu furar o bloqueio criado pelo Tricolor gaúcho e quando conseguiu criar boas jogadas, esbarrou no Léo Jardim, o goleiro reserva que fez boa partida.

Zé e as substituições (?) ataca novamente. Zé iniciou as alterações aos 13 minutos do segundo tempo trocando o Márcio Araújo pelo Geuvânio, que finalmente fez sua estreia, e aos 31 minutos substituiu Trauco por Mancuello e Cuéllar por Vizeu. No papel era para o time ir para cima time, sem volantes e mais ofensivo. No campo, o que se viu foi uma desorganização geral. Talvez um feijão com arroz funcionasse melhor.

Flamenguista é o famoso sujeito que pega a pilha fácil, já teve gente falando que o Campeonato acabou e consagrando o Corinthians como o campeão. Para muitos, ontem foi o jogo de vida ou morte, quem perdesse estava fora da briga pelo o título. Futebol é imprevisível acalmem os ânimos, o alvinegro paulista vai bem, mas não dá para afirmar que será o Campeão Brasileiro de 2017. Renato Gaúcho já cantou a pedra, eles vão despencar.

Regularidade de fato eles têm, é bem verdade que abriram uma vantagem significativa dos demais. Mas vamos com calma, não chegamos nem no segundo turno.

E antes de pensar no líder, temos que repensar sobre a nossa primeira derrota na Ilha e sobre os muitos erros do jogo. Domingo, a partida é contra o Cruzeiro no Mineirão, já engrosso o coro de que ganhar é obrigação para continuarmos vivos na competição.

E antes que eu me esqueça, fica proibido a aplicação de cartões amarelos e vermelhos para o jogador Paolo Guerrero. E também, fica o pedido para que o Clube renove com urgência o contrato do peruano não nos obriguem a sofrer com as lambanças do Damião.