Transgênero grávido do primeiro filho: “Eu só sou um homem capaz de ter um bebê e eu decidi fazer isso”

Trystan Reese e seu parceiro Biff Chaplow estão à espera do primeiro filho biológico.

Foto: Facebook (Esq.: Trystan Reese; Dir.: Biff Chaplow)

Apesar de ambos aparentarem ser o “homem” da relação, Trystan Reese é, na realidade, biologicamente mulher.

Reese disse que, quando estava no colégio, “eu era um homossexual em um corpo de mulher. Eu comecei a tomar testosterona e meu corpo começou a mudar. Emocionalmente foi muito difícil, mas em seis meses eu era um homem.”

Para conseguir ficar grávido, Trystan Reese teve de parar de tomar testosterona durante cinco meses.

“Eu tive sorte. Apesar da queimação no estômago, tudo está bem.”, afirmou ele sobre as dificuldades da gestação. E depois acrescentou: “Eu sou feminista. Eu penso que mulheres são impressionantes. Eu não acho ruim ser uma mulher. Só não aconteceu de ser [por fora] como eu era por dentro. Por isso, é ok entrar nesse sagrado mundo da maternidade. E isso não me faz sentir menos homem. Eu só sou um homem capaz de ter um bebê e eu decidi fazer isso”

Além do menino que estão esperando agora, eles têm um casal de filhos não biológicos, adotados em 2011.