1 MIN INFO > O tal do Impeachment

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB RJ), resolveu colocar em ação o impeachment de Dilma Rousseff (PT). É que ele mesmo corre o risco de ser cassado — sabe como é, contas não declaradas na Suíça…

Mas voltando! O que acontece agora?

1 — A Câmara forma uma comissão especial com deputados de todos os partidos.

2 — A comissão ouve a defesa da presidente.

3 — A comissão vota um parecer. São 513 deputados. Se pelo menos 342 votarem a favor do impeachment, o processo segue. Se não, ele é arquivado.

4 — Se o processo seguir, a presidente é afastada por 180 dias. Quem assume é o vice, Michel Temer (se ele não estiver sendo julgado).

5 — Depois, é a vez do Senado votar. Dos 81 senadores, se pelo menos 52 votarem a favor do impeachment, a presidente é impedida e perde o cargo. Ela também não pode disputar eleições por 8 anos.

6 — Atenção: quem assume não é Aécio Neves (PSDB-MG)! É o vice, Michel Temer.

7 — Se o Senado demorar mais de 180 dias para votar, a presidente volta ao cargo até a votação ser concluída.

O 1 MIN INFO tem uma página no Facebook e um canal no YouTube.