Nuvens

Eu amo nuvens.
Ao meu ver, nuvens são aquela maravilha do cotidiano 
do tipo que você só percebe quando olha pela janela despretensiosamente
As cinco da tarde de uma quinta feira de verão.
As nuvens são tão metamórficas quanto nosso futuro, alguns dias são cachorros, no outro gatos, um dia queremos ser astronautas no outro nós formamos em jornalismo. 
As nuvens são um espelho natural dos nossos sonhos e inseguranças 
e também são uma carta de desapego, daquelas bem encorajadoras.

São tão concretas como abstratas e é por isso que eu as amo. 
Elas nos lembram diariamente que a mudança é algo necessário, são naturalmente uma estabilidade instável, constante e decidida.

Queria eu ser uma nuvem, e que uma nuvem fosse eu.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.