* Adm. Wallace de S. Vieira

Image for post
Image for post

Desde muito cedo aprendi a amar a escrita, a leitura, a palavra e seu significado significante e significações.

O livro foi meu primeiro presente — e sequer sabia ler — e, mais adiante, já na adolescência, outro livro somou-se àquele, “Cazuza”, do escritor maranhense Humberto de Campos, membro da Academia Brasileira de Letras, ganho no concurso literário que participei. Como também jamais esqueci do primeiro presente à primeira namorada, o livro “Os Amantes de Verona” do escritor inglês William Skakespeare, depois de lê-lo, naturalmente.

Aliás, segundo a tradição Catalã, as mulheres respondem ao presente de rosas de seus namorados com livros. Não é por acaso que os livreiros de Barcelona costumam presentear uma rosa para cada volume vendido. …


Adm. Talita Duarte Filipino*

Atualmente, observa-se nas organizações prestadoras de serviços em saúde um aumento do número de usuários, que estão cada vez mais exigentes de seus direitos no que concerne ao uso dos serviços prestados, quer sejam realizados por entes públicos ou privados. Neste panorama, aos dirigentes e gestores coloca-se a questão crucial de como responder ao rol de novas exigências desse mercado. Tal demanda expõe a importância do bem-estar dos trabalhadores, a satisfação de usuários/clientes e, sobretudo, a tão desejada efetividade organizacional.

Neste contexto, observam-se nas organizações dados crescentes de doenças acometidas aos funcionários como Dort, Síndrome de Burnout, o sentimento de intensificação do trabalho, transtornos depressivos, transtornos de ansiedade, síndrome do pensamento acelerado, transtornos de pânico, chegando até mesmo em casos de suicídio. Todo esse quadro traz como consequência o aumento dos casos de reclamações dos usuários/clientes pela má prestação do serviço. Portanto, esses dados afetam a fidelização dos clientes e a competitividade dos negócios no setor privado; e o exercício da cidadania no setor público. …


*Adm. Fatima Ribeiro

Juramento do Administrador

“Prometo dignificar minha profissão, consciente de minhas responsabilidades legais, observar o Código de Ética, objetivando o aperfeiçoamento da Ciência da Administração, o desenvolvimento das Instituições e a grandeza do Homem e da Pátria”.

Em 09 de setembro de 2020, um ano atípico, comemoramos 55 anos da regulamentação da profissão do Administrador, um profissional que tem competência para planejar, organizar, dirigir e controlar as atividades no sentido de decidir, identificar e tomar decisões nas empresas e organizações.

Nossas competências vão além dos muros das organizações, quando são analisados os cenários externos, juntamente com a realidade interna dessas instituições, no sentido de correlacioná-los e formular as estratégias para atingir os objetivos das empresas. …


*Adm. Wagner Siqueira

Continuando o pensamento colocado meu último artigo, “Educação Empreendedora”, chego mais uma vez à conclusão de que a quarta Revolução Industrial no Brasil só terá sucesso se tiver, em sua essência, no seu DNA, algo já plenamente consagrado como necessário: uma boa gestão! E a boa gestão só se fará com gestores — com Administradores — formados e forjados em aplicação simultânea de tecnologias hightechs junto com a aplicação de ciências sociais, ambas integradamente focadas na realidade da organização e no universo da sociedade.

A boa gestão precisa estar bem fecundada nessa cosmovisão — na weltanschaung — da realidade da organização, de seus processos e de sua cultura. E isto é propiciado pela integração sistêmica do conhecimento aplicado de tecnologias digitais de ponta e das ciências do comportamento humano nas organizações. …


*Adm. Robson Castro

Tenho pensado sobre esse inevitável “novo normal” que vem sendo desenhado para superarmos as muitas das perdas sofridas nos últimos meses por conta da pandemia.

Sim, é preciso adaptar, reinventar e reconstruir para termos condições de seguir, mesmo não sabendo ainda para aonde.

Image for post
Image for post

De fato, o mundo já vinha desenhando um novo normal com tantas mudanças na forma como nos relacionamos com as coisas, pessoas e informações. Agora, com o Covid-19, estas mudanças estão mais fortes ainda, tais como:

– Trabalhos em home office;

– Reuniões e entrevistas por videoconferência;

– Diferentes APP’s para comida, banco, roupas etc.; …


*Adm. Talita Flipino

A sociedade contemporânea experimenta um anseio por tratamentos de saúde de qualidade com a consequente satisfação de suas necessidades. Assim, permanecer neste mercado altamente competitivo é um desafio imposto às organizações prestadoras de serviços em saúde. Logo, nesta era em que o capital mais rentável é o conhecimento, a utilização de ferramentas de endomarketing pode ser um grande aliado para a instituição nesta luta.

O endomarketing pode ser definido como ações de marketing voltadas ao público interno da empresa para promover, entre seus funcionários e os departamentos, valores destinados a servir o cliente (Bekin, 1995). O endomarketing é a extensão da clássica função do marketing só que voltada para dentro da organização, tendo como grande objetivo atrair e reter o seu cliente interno. Kotler (2006) destaca ainda que o marketing interno requer que todas as pessoas da organização se envolvam nos conceitos e objetivos do marketing institucional e participem na escolha, na prestação e na comunicação do valor para o cliente. …


*Adm. Carlos Alexandre Duarte Corrêa

O motivo de um texto sobre esta temática reside no fato de, ainda hoje,
algumas empresas e gestores não se atentarem para o fato de que Administração não está ligada somente ao aumento de faturamento no final do mês. Há muito mais em jogo e, a falta de entendimento dos conceitos de eficiência e eficácia, podem levar as empresas a um subdimensionamento da sua satisfação pela falta da compreensão da aplicação desta administração no
dia a dia organizacional.

Muitas vezes vemos abordagens estratégicas equivocadas, formatadas
clara e exclusivamente aos resultados das vendas e ao faturamento. …


*Leonardo Carap

A revolução digital que tem tomado conta de todos os setores da economia exerce forte influência também no Setor Saúde. Neste, entretanto, a complexidade obriga à adoção de processos adaptativos especiais para que a oferta de serviços aos pacientes se dê de forma segura. Ou seja, as soluções não podem ser aplicadas da mesma forma que na administração comercial, por exemplo. …


*Adm. Wagner Siqueira

Desde sempre éramos vocacionados para sermos empregados, não para o risco das atividades empresariais autônomas, não para sermos empreendedores, mesmo quando o país crescia ininterruptamente. Por isso, hoje temos o enorme desafio de educar e formar quadros que ajudem no desenvolvimento da economia de forma empreendedora.

O Brasil é historicamente retardatário em Educação, nossa primeira faculdade só surgiu em 1808 e universidade só na segunda década do século 20. Isso se arrasta até hoje já que nosso sistema de ensino, como ninguém ignora, é muito pior do que ruim: é péssimo, é desastroso! É uma calamidade! Nem sempre foi assim. Já foi um pouco melhor, mas era profundamente injusto e desigual. …


*Adm. Fatima Ribeiro

“A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação”, Constituição Federal do Brasil.

O Dia Nacional da Saúde foi determinado em novembro de 1971 através do Decreto-Lei 5352 dedicado a conscientizar a população acerca do valor da saúde. Uma decisão que faz homenagem a Oswaldo Cruz, nascido em 5 de agosto de 1872, e foi o grande cientista que enfrentou epidemias brasileiras do século XX, com implementação de medidas sanitárias, no combate à febre amarela, percorrendo residências, lacrando caixas d’água e realizando avaliação da existência de doentes. Nessa época nascem ainda os protestos conhecidos como a Revolta da Vacina, uma vez que o cientista materializou em decreto a vacinação obrigatória por parte do governo federal, gerando controvérsias e protestos. …

About

CRA-RJ

Entidade civil criada pela Lei Federal 4.769/65, como órgão consultivo, orientador, disciplinador e fiscalizador do exercício da profissão de Administrador.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store