Agile na Prefeitura de São Paulo??

Com toda a imersão em Agile que estamos passando hoje na IBM, começo a olhar para o mundo e identificar oportunidades e/ou ações que são tomadas com um pensamento ágil.

Este ano, o que tem me chamado mais atenção, são os primeiros (quase) 3 meses da administração de João Doria Jr. à frente da Prefeitura de São Paulo. Entre erros e acertos, vemos muitas práticas e princípios Agile sendo usados, e queria levantar a discussão aqui sobre algumas dessas ações.


Backlog Prioritization — “Dez promessas de João Doria para a Prefeitura de São Paulo”

Desde antes de sua eleição, Doria listou e priorizou estas 10 promessas de campanha para como as primeiras e principais a serem trabalhadas e executadas, baseado no que ele e sua equipe ouviram da população como sendo os maiores painpoints para a cidade.

Cross-Functional Teams — “Os secretários de João Doria”

Como administrador que é, João Doria escolheu um misto de políticos, administradores e profissionais expoentes em suas áreas para compor o time de secretários que vão assessorá-lo ao longo dos próximos 4 anos. Ao invés do tradicional time de políticos de carreira, Doria trouxe desde um economista do Itaú (para a secretaria da Fazenda) até o Diretor do Museu de Som e Imagem de SP (para a secretaria de Cultura). Pessoas capacitadas para o Continuous Delivery.

Welcome changing requirements, even in late development — “Jardim vertical substitui grafite da Avenida 23 de Maio em SP

Depois de receber críticas maciças por ter apagado painéis de grafite e pichações pela cidade, transformando-a numa “cidade cinza”, Doria e sua equipe mostram que entenderam o recado do cliente, voltaram atrás na decisão e adaptaram o projeto para melhor atender aos cidadãos. Com a nova iniciatica de Jardim Vertical na 23 de Maio, a cidade voltará a ter cor e ser mais acolhedora! Parabéns a todos por aceitarem a mudança mesmo em um momento avançado. Fail Fast, Fail Forward.

Face-to-face conversation is the best form of communication — No 1º mês como prefeito de SP, Doria aposta em zeladoria e prioriza Centro de SP

As constantes aparições públicas em regiões da cidade, linhas de ônibus e participação com os funcionários públicos em suas atividades, mostram oo nível de engajamento de Doria paraentender o dia a dia da cidade e comunicar a todos suas estratégias, sejam elas apreciadas ou não. No outro lado da moeda, com as conversar face-to-face, Doria conseguiu fechar parcerias cruciais com a iniciativa privada apenas, como ele mesmo falou em entrevista a Radio CBN ‘pegando o telefone e ligando’. Um claro exemplo disso é o programa Anjos da Marginal, em que Doria pediu uma doação, sem contrapartida, a montadora Mitsubishi, e conseguir 10 pick-ups para fazer o suporte nas marginais de São Paulo.


Além desses pontos, vejo um claro paralelo entre o próprio Agile Manifest com algumas das principais ações sendo tomadas:

  • Individuals and Interactions over processes and tools — o Foco da prefeitura em acabar com as filas de exames fazendo parceria com hospitais particulares para uso de suas instalações nos horários ociosos, mostra que o foco é no indivíduo, e não nos processos antigos de resolução de problemas, através de licitações desnecessárias;
  • Responding to Change over following a plan — entre outros tantos, é o caso da pintura de murais de grafite. O plano inicial era pintar para tirar os murais deteriorados, como a recepção da população foi muito ruim, a prefeitura respondeu com a colocação de Jardins Verticais (inicialmente apenas na 23 de Maio) para melhorar a cidade.

Esses são alguns pontos apenas, e você, o que acha??

Cheers!

Cadu Aldighieri

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.