DEPUTADOS VOTADOS EM CARIDADE VOTAM PARA PROTEGER TEMER

Aconteceu na quarta-feira (25), no plenário da Câmara dos Deputados, a votação da admissibilidade ou rejeição da segunda denúncia apresentada pela PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o presidente Michel Temer (PMDB).

Os deputados decidem se autorizam ou não que o STF (Supremo Tribunal Federal) abra inquérito para investigar fatos relatados pela PGR, em setembro, que apontam que Temer teria cometido os crimes de obstrução à Justiça e organização criminosa.

Os deputados Genecias Noronha, Moses Rodrigues, Domingos Neto e Danilo Forte, os deputados mais votados em Caridade nas últimas eleições, repetiram o que fizeram no dia 2 de agosto deste ano, votaram mais uma vez a favor do arquivamento da denúncia contra o presidente. Cabo Sabino votou não, e Moses Rodrigues votou sim, estes últimos também receberam consideráveis votações em Crateús.