CELAM: Ecologia Integral

O Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM) publicou uma Carta Pastoral contendo importantes conselhos práticos para as dioceses sobre como reforçar seu cuidado com a criação. Por se tratar de uma autoridade que reúne os bispos da América Latina, a orientação do CELAM é de grande valor e confiança.

Veja a seguir alguns pontos de destaque da carta. Aqui você encontra o texto disponível na íntegra.

135. El enfoque de la Ecología Integral que subyace en el corazón de esta encíclica del Papa Francisco debe ser asumido por toda la Iglesia, como dimensión constitutiva de la tarea evangelizadora. Instamos a cada Conferencia Episcopal de América Latina y todas las Diócesis que consideren el establecimiento de una Comisión o Pastoral de Ecología Integral que ayude a la comunidad eclesial a cuidar la creación de forma activa, colaborando activamente con las pastorales sociales en la dimensión social de la Evangelización.

Se quiser incentivar sua diocese a criar uma comissão/pastoral dedicada ao cuidado da criação, pedimos que organize um evento de Dia da Terra em 22 de abril. O Dia da Terra foi criado em 1970 como uma celebração global pela criação, e hoje essa data é comemorada em mais de 190 países ao redor do mundo.

Neste Dia da Terra, Católicos em todo o mundo se unirão para proteger a criação e todos que a partilham. Pediremos que as nossas dioceses criem comissões/pastorais para o cuidado da criação como o próprio CELAM sugere. Veja mais informações e registre o seu evento aqui.

139 La Ecología Integral implica una espiritualidad orante y contemplativa en la acción. Como San Francisco de Asís alabamos al Creador y le damos gracias por cada una de sus creaturas. El Movimiento Católico Mundial por el Clima traduce bien ese compromiso de orar por y con la Creación, asumiendo un estilo de vida austero y sencillo, y abogando públicamente por la defensa de la vida.

Você está convidado a rezar, viver com simplicidade e proteger a criação. O Compromisso Laudato Si’, que recebeu esse nome inspirado na histórica carta encíclica do Papa Francisco sobre ecologia e as mudanças climáticas, é uma demonstração do seu comprometimento. Quando assinar o compromisso, você receberá diversos materiais de apoio para colocar o seu comprometimento em prática. Saiba mais sobre o compromisso aqui.

140. El “Tiempo para la Creación”, que es una celebración cada vez más popular a nivel mundial con la participación de muchas iglesias cristianas y diversas conferencias episcopales. Es una oportunidad concreta para que la Iglesia profundice su proceso de conversión ecológica. Esta celebración ecuménica transcurre anualmente entre el 1 de septiembre, Jornada Mundial de Oración por el cuidado de la Creación, instituida por el Papa Francisco, y el 4 de octubre, fiesta de San Francisco de Asís. Este es un buen primer paso para ir permeando creativamente los tiempos litúrgicos, los ritos sacramentales, las expresiones de piedad popular y en general, la dimensión celebrativa de la fe, de modo que el comportamiento cotidiano exprese la espiritualidad ecológica de las comunidades.

O Tempo da Criação terá início no dia 1º de setembro e será uma excelente oportunidade para toda a comunidade se unir e honrar ao Criador por meio do cuidado com a criação. Comece a planejar desde agora. Saiba mais aqui.

136. Necesitamos parroquias, escuelas, universidades, cuyas prácticas den testimonio de una cultura ecológica que respeta, ama y defiende la Vida, toda vida humana y toda la Creación. La Guía de Eco-Parroquias, los “Green Seminar”, los eco-barrios, colegios sostenibles, universidades sustentables son referentes ecopedagógicos para generar una ciudadanía ecológica coherente con la responsabilidad ambiental.

O Guia de Eco-Paróquias oferece conselhos simples, porém abrangentes, sobre como as paróquias e outras comunidades podem reduzir seus impactos ambientais.O guia está disponível aqui.

Juntamente com os Católicos de toda a América Latina, damos graças pela liderança do CELAM e sua compaixão para com a criação e todos que a partilham.

O Movimento Católico Global pelo Clima é uma rede composta por 700 organizações e milhares de Católicos em todo o mundo que responderam ao apelo do Papa Francisco para “ouvir tanto o grito da terra como o grito dos pobres”.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.