Papo científico

Por muito tempo fui obcecado por conhecimento. Devorava livros com a ilusão de que se lesse o suficiente atingiria a resposta definitiva da vida, a teoria de tudo, ascenderia aos céus para me juntar aos criadores e a Dercy.

Mas depois que li sobre física quântica comecei a suspeitar de que vivemos uma farsa. Suspeito de que todos os ditos “especialistas” na verdade armaram uma grande pegadinha com o povão e, no caso, os físicos foram longe demais.

“Puta que pariu, esse pessoal acredita em tudo mesmo. Aceitaram que a gente vive numa pedra flutuando em volta de uma bola de fogo. O que a gente vai inventar agora?”

*Barulho de baseado queimando*

“Cara, já sei! E se a gente começar a inventar qualquer coisa, o mais absurdo que pudermos imaginar, mas dissermos que é tudo muito pequeno para enxergar?”

*Barulho de um pega bem longo no baseado seguido de tosse forte*

“MALUCO, VOCÊ É UM GÊNIO!”

E assim começou a física quântica.

Sério, a impressão que eu tenho é que na reunião que os cientistas fazem para discutir até onde podem ir suas teorias, para que o resto de nós não comece a suspeitar de toda a farsa, até os economistas acharam que o físicos foram longe de mais dessa vez. Até mesmo os acadêmicos de arte começaram a achar que o povo não ia engolir aquilo.

Como pode alguém, com o rosto sério, declarar que algo é ao mesmo tempo uma partícula e uma onda?

“Brother! E se a gente falar que qualquer coisa, por exemplo esse isqueiro aqui, quando você quebrar um pedacinho muito pequeno dele, o menor pedaço possível, ele na verdade é uma onda?”
“Saquei , saquei. Mas e se a gente falar que é uma onda E um pedaço de isqueiro ao mesmo tempo?!”
“PUTA QUE PARIU! GENIAL! Imagina se o Einstein tivesse essa maconha hidropônica aqui!”

Desisto, não dá mais pra acreditar em ninguém. Pra piorar, eu comecei a suspeitar que não sou só eu que percebi isso. Acho que todo mundo sacou que é só tirar ideias da cartola para virar cientista.

No meu Facebook o que não falta é gente que não sabe porra nenhuma dizendo com a maior convicção do mundo o que eu tenho que fazer, como eu tenho que falar ou no que eu tenho que acreditar. E não é só na internet. TV Senado, canal evangélico e até presidente/a/o/x do país está falando o que quer e achando que está certe/a/o/x.

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.