O que vimos na SuperCon Recife

Gigante. Assim avaliamos o evento desse fim de semana. A cada ano vai ganhando mais corpo, mais público (que tem se renovado) e cada vez mais relevância. E era visível a grande presença de crianças no evento (muito por conta dos youtubers, em especial TazerCraft). Há quem ache isso ruim, mas a SuperCon mostrou-se bem eclética, com programação para as várias faixas etárias, fora que crescer indo para este tido de evento é sempre sensacional. E agora as observações de quem teve presente no Centro de Convenções:

Ivan:Troca antecipada de ingressos: o Achei que isso realmente podia ter sido melhorado. A troca só foi permitida no dia do evento. Poderiam ter facilitado um pouco mais a vida de quem comprou pela net, gerando inclusive menos trabalho e fila no dia. • Palestras All-Stars: Com certeza, a parte que me chamou mais atenção. Marcos Ribeiro, com toda a tua experiência e seu currículo de peso trouxe muito conteúdo. Mas com certeza o destaque para mim foi o Daniel HDR. Cara simpático, experiente, soube interagir muito bem com o público e com uma bagagem gigante. • Dev Alley: Sempre bom ver espaço para desenvolvedores locais, que sempre mostram que tem conteúdo, que tem boas ideias. Em especial, destacaria a coragem Well Gomes para fazer um jogo enorme (praticamente sozinho) e o pessoal da Mantus Games, com uma variedade impressionante para mobile.• Youtubers: Não vi nada, desculpem =(. Mas vi a agitação correria quando subiram no palco e nas filas de fotos/autógrafos. • Show de Nobuo Yamada: Sem palavras (a nostalgia bateu forte).

Ludimila: No primeiro dia o que mais me chamou atenção assim que a gente chegou foram os cosplays. Enquanto os meninos foram para a palestra Marco Ribeiro, eu decidi ir pra fila dos óculos de realidade virtual. Foi uma experiência bem divertida, apesar de ser um pouco diferente e mais estranho do que eu imaginava. 
Depois, decidimos passar no espaço Dev. Alley, aonde desenvolvedores de aplicativos de jogos apresentam os trabalhos mais novos e podem interagir com o público. Mas com certeza o destaque do primeiro dia foram as apresentações dos grupos de k-pop e os de cosplay, cada vez mais em um nível acima.
No segundo dia a gente já começou assistindo a palestra de Daniel HDR: falou um pouco sobre sua trajetória e deu dicas para quem perseguir uma carreira como ilustrador ou todas as profissões que muitas vezes não são levadas a sério. E novamente os momentos que mais gostei, além da palestra, foram a final do NE K-Pop Contest e concurso de cosplay, tendo com certeza o momento mais incrível, o pedido de casamento de um cosplay de Ash. Mais um momento que vai ficar eternizado.
Resumindo, gostei demais da SuperCon desse ano, e ainda tive que me controlar muito para não sair comprando as ilustrações todas e orelhinhas de gato. ^^

João: Um lugar para todo mundo que gosta do mundo nerd, para todas as idades e todos os gostos. Além de youtubers famosos como Cellbit, Muca Muriçoca e Mike, o evento pode contar com um grupo muito criativo de projetos pernambucanos de jogos e de ilustrações que não ficavam atrás das outras atrações. O grande e simpático ilustrador Daniel HDR também compareceu ao evento, falando um pouco de como é a criação dos quadrinhos. Também teve muita agitação no show do vocalista da abertura original de cavaleiros do Zodíaco, Nobuo Yamada; a competição de k-pop ; e é claro, muito Just dance.

Concorda conosco? Tem algo a acrescentar? Acha que a gente falou besteira? Entra em contato

Twitter: twitter.com/comentariosgeek

Facebook: facebook.com/comentariosgeek

Email: comentarios.geek@gmail.com

Like what you read? Give Comentários Geek a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.