Como se dão as sessões de Coaching?

Vejo com alguma restrição a popularização do Coaching nestes últimos tempos. Cada vez mais pessoas se intitulam Coaches e vendem fórmulas rápidas e milagrosas para que você alcance suas metas. Parecem, inclusive, desconsiderar as dificuldades inerentes a todo e qualquer processo de aprendizado, e prometem resultados muito expressivos com pouquíssimo esforço. Basta seguir “a receita”.

Sim, por meio de um processo de Coaching, você pode alcançar resultados notáveis em curto espaço de tempo. No entanto, processos de Coaching devem ocorrer de forma estruturada, coerente e, principalmente, fundamentada.

A primeira sessão é de fundamental importância para todo o processo. É neste momento que o Coach (profissional de Coaching que conduz o processo) explica toda a lógica e fundamentação por traz do trabalho; discute e estabelece, de modo conjunto, a “meta” do Coachee (pessoa que está passando pelo processo). Também nesta sessão, inicia-se a investigação das estratégias e ferramentas adotadas pelo cliente até o presente momento. Tal ação permite que o Coach “desenhe” um processo adequado/específico para o Cliente em questão e promove, no Coachee, aumento de consciência de si e da capacidade de se responsabilizar pelas próprias ações.

Estabelecida a meta a “se buscar”, é responsabilidade do Coach fazer uso de ferramentas adequadas que continuem promovendo o crescimento do Coachee, além de encorajá-lo a dar passos cada vez maiores!

É responsabilidade do Coachee “agir” em direção ao objetivo. Por conta disso, nos inícios das sessões seguintes, são discutidas as mudanças colocadas em ação e o progresso atingido, certificando-se do que foi aprendido e alcançado até ali. Perguntas como: “Onde você estava quando iniciamos o processo?”, “Onde você está agora?” e “O que você acha que ainda precisa ser alcançado?” auxiliam neste momento.

Toda sessão de Coaching traz, em si, os elementos gerais de um processo de Coaching. Devem ter sua meta específica, sempre traçada em função da “meta maior”. Desta forma, foco, estrutura e disciplina são elementos fundamentais.

Não há espaço para acolhimento sem ação. No caso do Coachee possuir “crenças” que limitem seu desempenho, estas são tratadas como aspectos que bloqueiam o alcance de metas e são trabalhadas. Para isso, o Coach deve contar com vasto repertório de ferramentas que o auxiliem.

Espera-se, por meio desta estrutura, permitir que pessoas avancem em relação às suas metas mais importantes. Seja na vida pessoal, profissional ou em qualquer outra área importante para o Coachee, o foco do Processo — e das sessões — de Coaching se dá nas possibilidades futuras e como transformá-las em realidade.

Like what you read? Give DUE Coaching a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.