Rebelde “sem causa”

Ganhando a noite e lentamente perdendo a vida

Tumulto solitário

Muita companhia e pouca empatia

Sorrisos vagos

Entre piadas e conversas, um choro silencioso

Esperança frustrada

Grandes promessas de um amanhã inexistente

Fracos amores

Desejos ardentes e muitas almas carentes

Líquido fumegante

Muito álcool para esquecer o peso de espírito

Alma vazia

Mais um dia nascendo e seu ser falecendo

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.