Uma Bioética ou muitas Bioéticas?


Essa é a pergunta do dia. Primeiro, o nosso objeto aqui não é restrito ao conceito biomédico – bios vida, e no sentido restrito, não se configura apenas enquanto a ética (aplicada) em questões que envolvem a vida.

Ela tem múltiplas dimensões – social, sanitária, ambiental,… a Bioética latino-americana não está restrita às condições físicas, ela ultrapassa isso porque nós temos problemas peculiares e características específicas.

A análise bioética ultrapassa o físico e pensa no ambiente onde o indivíduo está inserido, nas condições, na historicidade, nas relações desse indivíduo com o mundo. Perpassa um olhar velado e único, vai além.

Considera nossa identidade. E atinge o cerne da questão – por uma bioética que insira, agregue, considere o pluralismo e as condições que vivemos. Tal qual a saúde aqui no Brasil não se restringe ao bem-estar físico, ela está atrelada a educação, transporte, emprego,meta, etc, etc.

Por uma Bioética latino-americana nossa, brasileira, verde-amarela!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Daniela A. Rabelo’s story.