Aprendendo com as Películas

Em 2016 decidi acrescentar um novo hábito a minha rotina, o de ver filmes, pelo menos 1 por dia. Assim como a maioria das pessoas, eu também tinha o hábito de ver 2 ou 3 filmes por semana, mas eu decidi ir além, decidi fazer disso uma espécie de hobie, pois sempre fui apaixonado pela sétima arte, e sempre aprendi muito com ela, para mim, sempre foi mais do que um entretenimento de 90 minutos regado a pipoca e refrigerante.

Comecei a concretizar essa ideia quando uma amiga me apresentou a rede social Filmow, que é focada totalmente em filmes, curtas e séries. Que permite aos usuários pesquisar, avaliar e fazer suas criticas amadoras dos filmes.

Apesar do site já ter um certo tempo, poucas pessoas o conhecem, eu mesmo só me tornei ativo em 2015, e para mim foi uma grande descoberta. Foi magnifico encontrar um lugar onde eu podia imergir no universo cinematográfico, conhecer outros cinéfilos, descobrir novos filmes e fazer as minhas criticas amadoras. Gostei da estrutura do site, que permite uma ótima organização, é possível marcar filmes e séries já vistos, favoritos ou que você quer ver. Tudo com um layout simples e intuitivo.

Foi com a inserção no Filmow que decidi levar os filmes mais a sério, fiz um pequeno planejamento, ver pelo menos 1 filme por dia, e nada de ver um filme aleatoriamente, agora vejo-os por temas, gêneros, diretores, etc…Isso tornou a experiência muito mais recreativa, me permitindo ter mais expertise em cada gênero que via, por exemplo, fiz uma maratona de filmes nacionais, e cheguei a conclusão de que o cinema brasileiro está em uma fase horrível, estamos em uma ilha de filmes de comédia e favelas, tirando raras pérolas negras como “A que Horas Ela Volta”, o cenário é deprimente. Esse foi só um dos poucos estudos que fiz com as minhas “maratons”. E adquiri uma nova perspectiva com isso, de que é possível se aprender muito com filmes, muito mais do que grande parte das pessoas presume aprender vendo-os. A coisa é muito mais profunda, a inúmeras mensagens subliminares, grandes pequenos detalhes a serem observados, é tudo delicado e encantador.

O cinema é uma escola universal, que nos ensinam muitas lições, de diversos pontos de vistas de geniais diretores através de espetaculares atores. Nesse começo de 2016 já vi mais de 100 filmes, e me lembro das lições aprendidas em cada um deles, e com certeza pretendo aprender muito mais, quem sabe fazer algum curso na área no futuro, para poder disseminar o meu conhecimento e aprofundar a minha paixão na área.

Meu perfil no Filmow: http://filmow.com/usuario/danielio_/

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Daniel Araujo’s story.