O Marketing de Conteúdo, e o seu negocio a vista.

O processo de venda forçado tentando vender o produto ou serviço a todo custo, esta perdendo espaço para o processo puxado — aquele em que o cliente é quem inicia a interação de compra propriamente dita.

As empresas não entendem porque estão perdendo espaço para alguns concorrentes menores, mais ágeis e conectados as necessidades dos clientes. Mas a verdade é: não se vende mais como antes, o principal alvo da empresa, o cliente, mudou.

Ele mudou porque está mais informado, têm mais recursos, mais poder de decisão e mais marcas e empresas a disposição. Ele mudou porque não toma mais decisões olhando apenas para um fator, e porque precisa confiar mais na empresa/marca antes de realizar uma compra.

Hoje os clientes julgam a sua marca pela capacidade de fazer parte da vida deles.

Ai entra o marketing de conteúdo para colocar a sua marca na vida dos clientes, fazer parte do dia a dia e estar em evidência full time.

Seu papel consiste em ser um educador que fornece dicas, informações, cases e caminhos para que o cliente possa conhecer cada vez mais sobre o seu produto ou serviço, e assim ele possa tomar a decisão de compra mais segura gerando satisfação.

Uma ótima estratégia de conteúdo serve para construir um caminho de informações, onde o cliente vai percorrer de forma natural, sendo sempre auxiliado e nunca assediado pela sua marca.

Gerar, assediar, plantar dúvidas ou informações desconexas com a realidade pode funcionar a curto prazo, mas a médio e longo prazo o cliente vai buscar marcas e empresas que soem de forma mais leve e menos interessadas em empurrar produtos a todo custo.

Já disse Howard Schultz da Starbucks: sua marca deve ser o meu melhor amigo.