Hífen

Impacientemente inquieto e esfomeado por um desfecho, mantido numa ignorância suspensa e numa falha em saber se se trata de um pequeno traço concretizador ou de uma besta reta e imponente que atravessa a palavra e oprime o sentimento.

Sentimento daquele que risca, arriscadamente exposto através de um risco a tracejado, riscado a meio do papel que, desanimadamente exibido, descontinuamente divide a metade da tesoura, da metade da esferográfica enervada de há tanto permanecer intacta.

E ainda no vazio do tracejado, desalmadamente pinta a pragmática caneta da dúvida que teima em assegurar que a virtude se encontra no meio. E segue pintando, como se a tinta não se lhe acabasse, como se fosse jovem…

Juventude aparentemente sábia, desejosa de alcançar o final da composição tendo preenchido o papel por completo, ainda que o tenha feito de forma precipitada e imprudente, sem apreço ou consideração pelo sistema de pontuação…

19 de Outubro de 2017

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.