Hackeando a educação: uma sugestão de palestras para discutir ensino e aprendizagem no Hacktown!

Que a educação precisa mudar não há mais que se discutir. Mas mudar como e para o que? Essas questões serão debatidas em diversas palestra no Hacktown, veja aqui uma seleção comentada delas.

Que a forma de educar está mudando, não cabe discutir. Na verdade, uma das coisas que deveríamos sair da escola sabendo é que tudo está mudando desde sempre. A velocidade dessa mudança, no entanto, pode variar com o tempo, e nesses nossos tempos não há dúvida que ela está acelerada. Mas em essência educação é ser uma atividade transformadora. Muito mais que agregar alguns conhecimentos novos, mais ainda que desenvolver habilidades úteis, a educar é permitir construir novas atitudes e permitir o desenvolvimento pleno do potencial de cada (que é único, na medida que somos todos semelhantes mas todos diferentes).

Nos dias 2, 3 e 4 de setembro acontece na pequena e inquieta Santa Rita do Sapucaí o Hacktown, com uma diversidade de palestras e atividades. O Hacktown em si já uma experiência educacional e tanto! O evento é todo construindo em cima de ideias alinhadas com os desafios e possibilidades atuais: é descentralizado, colaborativo, participativo, multidisciplinar, fluido. É tudo que uma Escola (com E maiúsculo também, aquela que se propõe a Educar de verdade) deveria ser.

Agora, se dentro dessa experiência educacional que é o Hacktown o seu tema de interesse é educação, seguem 7 palestras que não deveria perder:

Claudio Olmedo

Palestra: Hardware Livre e a Quarta Revolução Industrial.

Hardware de baixo custo é a solução para ensinar programação e eletrônica a crianças de regiões carentes? Será que vamos fabricar nossos próprios produtos em um futuro próximo? Você é um produtor ou só consumidor de tecnologia?

José Lourenço Jr.

Palestra: Flipped classroom, blended learning, adaptive testing… meras tecnologias educacionais modernas? Ou terá chegado a vez de hackear a escola?

Você acha que tecnologia educacional é computador, tablet e lousa interativa? Termos como sala de aula invertida, ensino híbrido e aprendizagem adaptativa não lhe são familiares? Então você precisa assistir essa palestra!

Maria da Paz Melo

Palestra: Práticas inovadoras em Arte-Educação.

Uma coisa lamentável em nosso sistema de ensino é que arte é relegada a segundo plano, quase só entretenimento ou diversão. O papel da arte na formação de nossas atitude e na busca de alto conhecimento e expressão precisa ser repensado e valorizado.

Alex Bretas

Palestra: A educação pela visão da CAPES — Curiosidade, Autonomia, Percurso, Entrega e Sabedoria.

Não, não é a CAPES que você está pensando. Nessa palestra serão discutidas maneiras não formais e mais fluidas de educação. Será que precisamos ficar presos ao controle do estado e a burocracia para aprofundar nosso conhecimento?

Diogo Rodriguez

Palestra: Somos Todos Jornalistas — como sobreviver à avalanche de informação.

Um paradoxo do nosso tempo é que nunca tivemos tanto acesso a informação e ao mesmo tempo nunca estivemos tão mal preparados para lidar com ela.

Lucas Costa

Palestra: Universidades Empreendedoras

Qual o papel da universidade na formação de empreendedores? É possível formar empreendedores? Como o ensino superior pode contribuir (ou atrapalhar) na criação desses agentes de mudança?

Luis Gustavo Serra

BAR TE PAPO: Faculdade, é mesmo necessário? Formei e agora?

Houve um tempo em que ter curso superior era garantia de um bom emprego. Faz tempo. Mesmo não sendo possível a todos, o acesso ao ensino superior já é tal que muitas áreas tem mais oferta de profissionais do que demanda. Será que faculdade está realmente exercendo seu papel transformador? Que diferencial um curso superior pode lhe agregar? Quais as alternativas?

São essas algumas sugestões, não deixe de conferir a programação completa. Como cada pessoa é única, cada processo de aprendizagem é único e cada experiência no Hacktown é única!

Para ver a programação completa e adquirir ingressos: www.hacktown.com.br