Da matéria do Sentimento

Seu prazer reside em minha dor, no sangue que se esvai em seu sentir, na troça do meu eu que jaz aqui diante de suas vontades.

A quem enganar ao olhar-se no espelho embaçado que aquele ali refletido é alguém que diz ser eu ?

Sou o resultado das vontades do mundo.

Like what you read? Give Edmar Gomes a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.