A conquista de um sorriso.

Estava caminhando por muito tempo com peças faltantes. Estava em desequilíbrio sem saber exatamente qual parte era necessária um pouco de atenção. E, por incrível que possa parecer, esta parte era a principal parte, o amor próprio.

Por diversos meses vim me descuidando, vim me limitando, me torturando por responsabilidades que não eram minhas, por culpas antigas, por não saber dividir, pedir ajuda, compartilhar.

Passei muito tempo com um grande peso, arrastando minhas partes com grande esforço e, sem perceber, me matando dia a dia por dentro.

Durante este período parei de sorrir, parei de rir com minha boca e meus olhos, meu coração, minhas veias. Sorria apenas com os lábios. Dentro dele nada existia, apenas um grande vazio que não deveria ser preenchido.

Eu pedia, orava, chorava, clamava por vezes seguidas encontrar um caminho mais leve, mais feliz para a minha vida. Mas eu mesma não enxergava que ele estava ali, o tempo todo, somente esperando eu dar o primeiro passo.

O primeiro passo necessitava de confiança, de abertura, de espaço para caber mais novos passos. O primeiro passo continha o posicionamento de amor incondicional pelas minhas escolhas, continha a verdade de saber o que quero, continha o riso farto da minha criança, continha a fé na vida e em tudo que ela tem para oferecer.

Penso agora que me abrir foi uma das coisas mais singelas que fiz por mim nestes últimos tempos. Me permiti ser além de mãe, de filha, de irmã, de sócia, me permiti ser eu.

E ser eu cabia em aceitar meus cabelos como estão, meu corpo, meu sorriso, minha integridade, minha verdade, minha intereza como parte integrante e merecedora.

Eu só queria me divertir, e mesmo assim demorei longos meses para sentir novamente tamanha alegria.

Esta conquista atravessou muitos caminhos, muitos encontros, muito desapego para estar na hora certa, no momento certo, eu completa comigo.

O abrir nada mais é do que aceitar e amar o que se tem agora, o que se é, o que se pode ser e confiar que tudo virá dentro do tempo certo.

É saber de todo o coração na verdade que nos rodeia, é saber que tudo existe um porque e esta conectado além da nossa imaginação.

Uma confiança sem fim, um acordar sem saber, um amar sem findar.

Que mais espaços se abram, que mais amor brote, que eu esteja sempre comigo.