Entrevista a Luís Calçada da Caltec, Partner Oficial da FileMaker

Claris
Claris
Mar 7 · 4 min read
Luís Calçada, partner oficial FileMaker

A FileMaker é uma Plataforma de Inovação e que permite responder com soluções individuais e personalizadas a cada negócio. Grande parte desse trabalho é feito pelos nossos Partners, que entendem as necessidades de cada empresa e desenvolvem os sistemas adequados para cada ambiente de trabalho. Caltec é o nosso partner português mais antigo, e o Luís Calçada, que já trabalha com a plataforma há muitos anos, é Platinum Partner.

Entrevistamos o Luís para perceber como começou a usar a Plataforma e sobretudo porque a continua a usar ao fim de tantos anos.

FileMaker: Porque decidiu tornar-se um developer da FileMaker?

Luís: Quando conheci a plataforma há vinte cinco anos, rápidamente percebi que era e é sólida, segura, evolutiva e sempre nos deu confiança para desenhar e manter “no ar” sistemas de informação complexos. Ou seja, tem as características que me interessam para manter relações longas e estáveis com os meus clientes.

FileMaker: Como conheceu a Plataforma FileMaker?

Luís: É uma longa história, de muitos anos, com boas e estáveis experiências e grandes desafíos. Começou na Prológica. Continua na Caltec há 20 anos cujo “core Business” é a Engenharia e o desenvolvimento de sistemas de informação. Utilizo diariamente a plataforma FileMaker para prototipar, construir e aperfeiçoar sistemas. Injectamos sempre que adequado inteligência artificial com pré-decisões e alertas, de modo a que seja possível antecipar problemas antes dos mesmos se materializarem. Através do conhecimento gerado por anos de experiência criei um método de transformação digital incluindo “desexcelização” para empresas totalmente baseado na Plataforma FileMaker. Tenho participado como orador em algumas Devcon locais e internacionais (Paris, Berlim, Barcelona, Lisboa) apresentando vários temas entre os quais destaco: “Business Intelligence e FileMaker” e “Desenho avançado de interfaces”.

“É o que chamo de engenharia invisível, dado o nosso trabalho não se materializar em nada físico.” Luís Calçada

FileMaker: O que mais gosta na FileMaker?

Luís: A solidez a estabilidade para trabalhar e que transmitimos aos nossos clientes. As DevCons na América e na Europa e os amigos que continuo a encontrar sempre. A comunidade internacional de Developers.

FileMaker: Qual é o projecto que mais orgulho lhe dá ter desenvolvido e porquê?

Luís:Destaco dois projectos:

Primeiro: High/SuperSchool ENAD em Luanda. Evoluiu-se de um processamento com base em folhas de cálculo isoladas para uma linha de montagem disciplinada , multiprocessual de 50 pessoas, num país estrangeiro.

Segundo: Federação Portuguesa de Patinagem, há mais de vinte anos com a Caltec com um sistema integrado de gestão desportiva em Filemaker.

FileMaker: Que influência teve a FileMaker na sua carreira profissional?

Luís: Muito Grande. Tem sido a plataforma eleita e preferida dos últimos 30 anos para os sistema e motores de processamento de dados que desenhamos para clientes das mais diversas áreas mesmo para além daquelas em que somos especialistas.

FileMaker: Em que projectos e desafios está a trabalhar neste momento?

Luís: Vários: Gestão Integrada avançada de Instituições de Ensino, Gestão Integrada avançada de Federações Desportivas, Sistemas de informação e estatística médica, Gestão de linhas de montagem Industriais, Processamento e gestão de litigação de massa, Web services em simulações de seguros e sistemas cambiais multimoeda, Gestão integrada avançada de Escritórios de Advogados, Gestão integrada avançada de Gabinetes de Arquitectos, Gestão de transações financeiras em Consórcios multi empresa, ERP comerciais e industriais, Medicina do Trabalho, etc.

FileMaker: Que conselhos daria a alguém que esteja interessado em começar a sua carreira como developer da FileMaker?

Luís:Para ser um bom developer é importante observar e compreender os fluxos de dados e informação à sua volta. Perceber se as decisões que se tomam estão bem suportadas pela informação dos sistemas. Conseguir ter uma perspectiva global de como a informação deve fluir numa indústria. Atrever-se a inovar e a propor soluções para pequenos problemas. Estabilizar, solidificar e expandir essas soluções.

Licenciatura ou mestrado em Engenharia Informática, de sistemas ou outras, Matemática, ou mesmo Marketing ou Economia também ajudam.

FileMaker: Conte-nos algo mais sobre si, algo que o defina para além da FileMaker.

Luís: Tenho alguns hobbies como jogos de tabuleiro de estratégia militar, história militar e a leitura.

FileMaker: Obrigado Luís!

Se quiser conhecer outros developers e partners da FileMaker pode ler sobre as suas histórias e projectos aqui.

Se também é um developer FileMaker, partilhe a sua história.

Claris
Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade