Auto Sabotagem

Quase sempre são só pensamentos soltos ,aparentemente sem sentido algum, que surgem na cabeça assim do nada e nas horas mais absurdas possíveis.

Tira o sono. Faz você ter medo. Um medo absurdo de algo que você nem sabe o que é. Fica imaginando, surta, vira pra um lado, surta de novo, vira pro outro e a coisa parece ficar ainda mais complicada.

Os tais pensamentos soltos parecem fazer sentido, parece que tudo se encaixa, o medo aumenta, aumentam também os questionamentos: Estou no caminho certo? Tô fazendo a coisa certa? O que que eu tô fazendo?

O medo quer tomar conta, você pensa que desistir é a solução, já não enxerga um caminho, acha que chegou a um limite. Limite de que, meu senhor? Existe um limite? Quem impôs ele?

Você ouve uma música, assiste um capítulo de novela, belisca alguma coisa do armário que você nem lembrava que estava lá. Fica em silêncio, escreve, bota pra fora de alguma forma. Percebe que não há um limite, não há de que ter medo e se dá conta que perdeu mais uma noite de sono a toa.

Auto sabotagem, é isso! Ai você se questiona por que isso existe? Sei lá…

Mas essa tal essa auto sabotagem é espertinha mesmo! Sabe que você é inseguro e suscetível ao medo. Como ela sabe disso?

Você alimenta ela ué, devia saber! E continua alimentando ela por quê?
Pare! E vai dormir que você ganha mais!

Bjs, Cris

Ps: Quando sentir medo lembra daquela cena da série que você tanto ama: “Deixa o medo se aproximar. Mas deixa ele ficar apenas por 5 segundos, não mais que isso! Respira fundo e enfrenta!”

Cristiano Pereira e seus medos, de sabe-se lá o que, ás 6h20am do dia 16/05/2017