Estátuas

Nessas linhas nos prendemos
Nos fazemos
Fica tão difícil enxergar
Através de ideias embaraçadas
Ideais ressignificados
E estagnados

Vejo se prenderem a estátuas
Sendo que a carne em que se inspira
Teve decisões amargas,
Mas você as nega
Porque é mais fácil não refletir
Do que desistir
Das suas certezas

Ninguém te mostrará
Como chegar aonde quer
Nem saberá
Quando estiver
E se estiver