Zee Design Ltda, o fim de um ciclo.

Uma das coisas mais interessantes da vida são as histórias que criamos. Começar, viver o momento e saber a hora de encerrar uma jornada.

Foram 13 anos de Zee, passamos por altos e baixos diversas vezes, conheci muitas pessoas, fiz clientes que viraram amigos e amigos que me deram o prazer de realizar incríveis projetos. Sem nenhum arrependimento e com muito orgulho de tudo que foi feito, esse ciclo se encerra.

É legal lembrar quando começamos, enjambrados no quarto do Fabio, rindo mais que trabalhando, criando código no Dreamweaver e desenhando no Fireworks. Depois se aventurando no Flash, fazendo logos em gradiente e efeito espelhado, até começar a pensar em interfaces que deveríamos usar com o toque dos dedos.

Nossos primeiros trabalhos foram de graça. Lembro de ir buscar meu primeiro pagamento de bike (projeto para um amigo). Depois começaram a vir os amigos dos amigos, mas acho que nunca fomos os sobrinhos aqueles que sabiam fazer site… Em alguns anos estávamos lidando com grandes empresas, startups que hoje explodiram e outras que quebraram sem nem conseguir lançar algo.

Por sempre ser pequena, nunca tivemos mais do que 4 pessoas no escritório, isso quando tivemos escritório. Talentos que passaram alguns meses, outros que ficaram por anos e tem aqueles que mantenho contato até hoje. Tivemos 2 escritórios, 1 roubo e aprendemos desde cedo a defender as vantagens de trabalhar remoto.

Aprendi demais todos estes anos. Com o Fábio, não por ser quase um mentor em design ou me dar os primeiros toques sobre html, mas por me mostrar a importância de ter foco naquilo que se propõe a fazer, levo isso comigo pra vida. Com o Duda, por entender que motivação é o que nos move, pessoal e profissionalmente. A todos que trabalharam comigo, em especial Paulo e Heitor, de fato foram dois fiéis escudeiros. E com a Renata, minha esposa e última sócia, que conseguiu organizar nossos processos e que de diversas formas sempre me incentivou a ser melhor e nunca viver na zona de conforto.

Com seus erros e acertos, não há um único motivo que faz a Zee encerrar sua história. Na verdade, ao conectar os pontos vejo que a Zee foi apenas o início de outras grandes histórias, pra todos aqueles que tiveram o prazer de viver a sua cultura. E agora começa de vez uma nova história pra mim, sem a Zee no dia-a-dia, mas levo aprendizados gigantescos e carregarei ela no coração pra sempre.

Fabiano Meneghetti
fabiano.me

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.