7 dicas que não servem para nada

Quando o problema da internet eram só os pop-ups.

Na minha época a internet era melhor… Começo escrevendo e lembrando da minha infância onde os mais antigos diziam que no tempo deles tal coisa era melhor. Quem nunca ouviu essa frase? Pois é, o tempo passou e cá estou eu repetindo a mesma coisa. Como cantava Elis Regina, ainda somos os mesmos e vivemos como os nosso pais!

Pulando essa introdução um pouco sem sentido, vou ao assunto. Ultimamente venho percebendo a quantidade de posts, matérias e links com o mesmo formato de título e todos com o mesmo apelo: Dicas para você conseguir algo que até 10 min atrás era impossível.

Tem dica para perder peso, ou melhor, muito peso! Dica para ficar rico, dica para ficar pobre porém feliz, dica para ficar bonito sem fazer plástica e sem ser rico, dica para ser inteligente, dica para ser promovido e temos ainda os famosos cursos gratuitos de gente que dá dica de como se dá dica. É muita dica!!!!

Esse comportamento que tem como objetivo a geração de tráfego para alcançar o topo de ranking do buscador mais famoso do mundo, e levar varias pessoas para consumir produtos anunciados nos tais sites está acabando com a Internet.

No meu tempo (olha saudade aí novamente :) ) foram os popups que detonavam a internet, mas isso é coisa do passado, já was. Foi um pouco mais fácil sobreviver a revolta das pop-ups pois a intervenção dependia do usuário. Instalávamos um bloqueador e estava resolvido. Atualmente, um simples pesquisa por viagem faz com que você fique semanas vendo anúncios de pacotes e roteiros que na verdade, foi só uma fagulha de desejo.

O fato é que estamos reféns da curadoria das grandes plataformas (facebook, youtube, linkedin, google e outras menos relevantes). Não temos, ou pelo menos desconheço, uma maneira de sermos curadores dos nossos conteúdos. Somos reféns destas grandes plataformas de marketing travestidas de redes sociais e buscadores.

Olhando assim parece o fim do mundo, mas nem tudo está perdido. Recentemente o Youtube mudou sua política de remuneração depois de grandes anunciantes abandonarem a plataforma de anuncio. Eles perceberam que seus comerciais eram exibidos antes de vídeos de conteúdo raso, recheado de gritos, palavrões e opiniões altamente polêmicas. Possuir milhares de seguidores não será mais a garantia de levar o leite das crianças para casa. A galera vai ter que rebolar para ser remunerado, mas agora terão que rebolar com conteúdo.

Não sei se eu busco pouco as coisas na internet ou se eu não entendo da arte de garimpar coisa boa. Conhece algum site que tenha conteúdo interessante? Me conte! Deixe nos comentários. Quem sabe não fazemos um post com o seguinte título: 9 sites que vão mudar o seu conhecimento!