Quem está à sua volta?

Variáveis de “você é a média das pessoas que estão à sua volta” chegam à mim de tempos em tempos e isso sempre me coloca para olhar para estas pessoas. (Hoje a reflexão veio daqui, 21 , mais especificamente)

Penso sobretudo nas pessoas que não é possível afastar, aquelas sobre as quais não temos controle em nossas vidas. Sim, elas existem e antes que você siga com o julgamento olhe para as pessoas do seu entorno e você vai encontrar rapidinho alguém que simplesmente não tem como limar da sua vida.

Tá bom, comecei olhando para o lado negativo da coisa, eu sei, mas é que tem horas que estamos querendo melhorar e procurando qual é a âncora que está nos mantendo (ou nos puxando para baixo). É neste dia que eu faço uma limpa e tiro pelo menos uma pessoa que faz mal, mas que fica ali gravitando a minha volta.

Eu convivo diariamente com muita gente. Eu estou sempre desencavando pessoas e vendo se elas estão vivas e respirando, eu sou o tipo de pessoa que mantém contato, que brota do chão depois de 3, 4, 5 anos de silêncio e nem é para pedir um favor, dinheiro ou mandar um CV. É só para dar um oi mesmo. E às vezes eu que faço o favor ou recebo o CV. Recoloquei grandes pessoas na minha vida assim, só aparecendo para ver como ia a vida.

Pessoas… Sartre nos disse que “o inferno são os outros”, mas nem todos. Talvez ele apenas estivesse em um mal dia ou olhando só para um lado da situação.

Like what you read? Give Fernanda Almeida a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.