Hirondelles Bleues

As andorinhas azuis deixam seu local para fugir das noites longas que acompanham a estação mais fria do ano, o organismo dessas aves sentem a necessidade de migrar e a mudança de metabolismo indica a hora de partir pois o inverno não é uma estação favorável à aves como essa. 
Algumas vezes é necessário parar para observar o que a natureza têm a nos dizer, eu aprecio as andorinhas pois elas me ensinaram a necessidade de contornar o vento, mudar a rota e fugir do inverno. Diante da tristeza que nos consterna, nem sempre pensamos em recomeçar para poder entender um pouco melhor o que somos e então conhecer que nossos limites, depende da situação que nos faceja. 
Parece difícil fugir do inverno, mas as andorinhas não se manteriam vivas nele. Nunca algo que te prenda que seja mais importante que fugir da tempestade, ter a ciência de que as coisas apenas irão se repetir e que você precisa voar, já é o suficiente para entender que talvez você só precise migrar para ter forças no retorno.