Guia Politicamente Incorreto Sobre Da História Do Brasil

O livro Guia Politicamente Incorreto Sobre Da História Do Brasil é um livro politicamente incorreto, mas correto historicamente. O autor Leandro Narloch, ex-jornalista Veja, dá mais ênfase às verdades politicamente corretas “ocultas” da nossa história, com a tarefa de “tirar a lama dos personagens que a história combatente execrou”.

Na introdução do livro, ele utiliza um formulário com três regras simples: Em espaços antecipados com a letra “X”, o leitor escolhe um país qualquer; em lacunas acompanhadas de “Y” e “Z”, o mesmo escolhe o nome de nações ricas do hemisfério norte; os demais espaços são escolhidos uma das opções dadas entre parênteses ou outra opção de preferencia do leitor. Esse esquema é repetido para quase todas as histórias de países que foram colonizados por forças opressoras. Segundo Narloch, basta mudar algumas características íntimas e pronto: “Você já pode passar em qualquer prova de História”.

O livro contêm 367 páginas e 14 capítulos, respectivamente escritos por prefácio, introdução, narração, bibliografia e índice. No decorrer das páginas, são acrescidos pequenos textos (em folha negra) para ressaltar as informações concedidas e enriquecer as descobertas politicamente incorretas expostas na leitura. Também é acompanhado, além da capa, de um belo conteúdo audiovisual em seu interior retratando os grandes precursores de nossa nação.

O livro é altamente recomendável para amantes da História, não só brasileira, mas também internacional. Sendo que é percorrido pelo mercado a coleção do Guia Politicamente Incorreto, que são: Guia Politicamente Incorreto Da América Latina e o Guia Politicamente Incorreto Da Filosofia.

O livro é interessante e contradiz um pouco o que aprendemos na escola. Assim, à História fica muito mais divertida de ler e aprender.

Como escreveu Leandro Narloch em seu livro: “É hora de jogar tomates na historiografia politicamente correta”.

Boa leitura.


“À dona Cecília, que levou o filho a discutir ideias”.