Instituto promove o JERA, jogo de realidade alternativa inspirado em ARG

GameReporter
May 30, 2017 · 3 min read

A cidade de Lavras, em MG, tem história e cultura muito ricas. Tanto é que o Instituto Presbiteriano Gammon (IPG) está promovendo até o dia 12/06 a primeira edição do JERA, um projeto que promete unir a jogabilidade de um ARG (Alternate Reality Game, jogo de realidade alternativa) com o ensino da história da cidade. A intenção é ensinar aos estudantes um pouco mais da história da cidade de uma maneira mais moderna e lúdica.

“O JERA foi criado para unir a história do Gammon com o aprendizado dos alunos”, comenta o professor e diretor do IPG, Alysson Massote Carvalho. “É evidente a relevância histórica e cultural que o Gammon tem com a cidade de Lavras e com o Brasil, mas muitos dos novos alunos ainda não conseguem vivenciar essa conexão com o nosso passado. A intenção é que isso seja explorado nos jogos”, explica.

800
800

Estruturado para acontecer ao longo dos meses de maio e junho, o JERA foi desenvolvido pela produtora Final Quest, start up de tecnologia e educação com foco no uso de jogos para fins educacionais, com o apoio da Spaço In Consultoria de Marketing Educacional. Segundo Fábio Melo, co-fundador da Final Quest, quando o jogo começou a ser desenvolvido, em 2008, os projetos mais conhecidos eram “I love Bees”, nos EUA, e o “Instituto Purifica”, realizado pela MTV Brasil.

O projeto envolve alunos dos sextos e sétimos anos, que se organizarão em equipes e participarão de caças ao tesouro. Serão 8 desafios, divididos em 4 temas principais: Esporte, Valores morais, Sucesso e personalidades e Família e comunidade. De modo que a inspiração principal foi o jogo educacional “Onde está Carmen Sandiego?”. A partir daí, os alunos em buscas pela história da cidade.

Sobre o JERA

lavras
lavras

Entre os desafios, estão a história de um ex-aluno do Gammon que chegou à presidência da República e um trecho do Hino de Lavras. “Contar mais do que isso estragaria o jogo”, brinca Carvalho. Os jogos já começaram e o resultado está sendo positivo. O JERA não é de participação obrigatória e mesmo assim conseguiu aderência de 92% de alunos do instituto. O objetivo é consolidar as estratégias do JERA para aplicar uma segunda edição ainda melhor. Ao final do projeto, as equipes que mais se destacarem e acumularem pontos ao longo dos desafios serão premiadas.

“Acreditamos que o JERA será uma oportunidade perfeita para atrair a atenção dos jovens para a riqueza cultural de Lavras. É importante garantir que os nossos jovens saibam e respeitem a nossa trajetória, já que eles serão responsáveis pelos nossos próximos anos de história”, finaliza Carvalho. “A parceria com a Spaço In e a preocupação do IPG em preservar sua história e cultura nos permitiram realizar um projeto que foi concebido há anos. Todos têm muito a ganhar com essa experiência, em especial os alunos.”, completa Melo.


Originally published at GameReporter | Cultura Gamer.

GameReporter

Written by

Blog de Cultura Gamer! http://gamereporter.uol.com.br. Também no Facebook: http://fb.com/gamereporter e no Google Plus: https://plus.google.com/+GameReporter/

More From Medium

Top on Medium

Top on Medium

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade