Sistema Matific para o ensino da matemática será usado no Programa Escolas Plugadas da Fundação Lemann

O sistema de jogos educativos da startup Matific, empresa israelense especializada em gamificação para o estudo da matemática desde a educação infantil até o sexto ano, foi selecionado pela Fundação Lemann para integrar o programa Escolas Plugadas em 2017, com o objetivo de conectar educadores da rede pública de ensino a empreendedores do setor de tecnologias educacionais.

sc552x414-1

A proposta do programa Escolas Plugadas é facilitar a identificação, a implementação e o desenvolvimento de novas tecnologias educacionais de alta qualidade para as escolas públicas brasileiras. A ideia é que os professores avaliem e utilizem as tecnologias em suas aulas já durante o primeiro semestre letivo de 2017. Nesta edição, outras cinco startups de educação também participarão e o programa, no total, impactará mais de 30 escolas públicas.

A plataforma israelense Matific é utilizada atualmente por mais de 100 mil alunos da rede pública e privada de ensino. No Brasil, uma parceria entre a Diretoria de Ensino Centro Oeste (em São Paulo), a ONG Parceiros da Educação e a Matific viabilizou a implantação do sistema de gamificação para o ensino da matemática em 105 escolas estaduais paulistas. A plataforma é utilizada atualmente por cerca de 100 mil alunos, com mais de 320 mil jogos realizados, além de estar presente na grade curricular dos principais colégios particulares da capital paulista.

Sistema Matific apresenta melhoras no ensino da matemática

Uma das escolas que apresentam melhorias significativas no ensino da matemática é a EE Padre Pasquale Filippelli, localizada em Diadema, que utiliza a plataforma há 2 anos e conquistou um resultado 25% acima da meta do Estado no IDEB 2015. De acordo Dennis Szyller, Gerente Nacional da Matific, a tecnologia educacional pode contribuir para a obtenção de melhores resultados e em menos tempo.

unnamed-9
“A plataforma emite em tempo real relatórios de desempenho de cada aluno, dando ao professor uma poderosa ferramenta de avaliação. Assim, o educador pode adaptar os próximos jogos às dificuldades de aprendizagem de cada um”, comenta Szyller.

A psicopedagoga da Matific, Ana Paula Carmagnani destaca que, nos jogos educativos da empresa, as crianças aprendem os conceitos matemáticos por meio de situações do dia a dia, manipulando objetos familiares, como contagem de animais, classificação de potes de biscoito, cortando e colando figuras geométricas e assim por diante.

“Essas interações guiadas são projetadas cuidadosamente para facilitar a exploração prática e a autodescoberta de conceitos e percepções matemáticos, dentro de um ambiente de aprendizagem favorável e divertido”, comenta Ana Paula.

Se você ficou interessado no Matific, não deixe de baixar o aplicativo para Android e iOS. Mais informações no site do programa.


Originally published at GameReporter | Cultura Gamer.