Cantor de ônibus

Ele canta

pra adoçar a vida

e espantar a dor.

Canta pra lembrar do passado

e fazer o futuro.

É um senhor

com alma de criança.

Tem olhar de saudade

e uma voz de melancolia.

Tem rugas que traçam o roteiro de sua vida.

Usa óculos pra enxergar a donzela que veste o par de sua aliança.

A melodia que sai de sua boca é triste

mas, aconchegante.

Me dá vontade de ir atrás daquele que é dono do meu coração.

Obrigada, senhorzinho da jaqueta branca, por fazer a minha viagem mais feliz.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.