Me dê um pouco de calor

Me mostre a sua alma

Me enche de amor

Me deixa mais calma

Eu quero fazer você ver

Que o sol pode raiar

E depois anoitecer

Sempre vou te amar

Não importa o que aconteça

Ou o que a vida decida

Nem que o sol escureça

Vou encarar essa corrida

Pode parar o universo

Acabar a água na terra

O mundo pode ficar perverso

No seu, meu corpo se enterra

Sempre vou falar sim

Te dizer que apesar de tudo

Não é o fim

Então não ficarei mudo

Bordarei de flor

A minha estampa lisa

Encherei de cor

O chão que você pisa

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Gio’s story.